9 de agosto de 2017

Dica para Turistas: Passeio no Marco das 3 Fronteiras na Argentina

Quando recebemos turistas em Foz sabemos que tem alguns pontos turísticos que são impossíveis de serem visitados. Ninguém pensaria em vir pra cá pra fazer turismo e não conhecer as Cataratas, certo ? Eu diria que seria loucura não ir também no Parque das Aves e nos passeios da Itaipu. Mas com certeza nem todo mundo vem com tempo pra fazer todos os passeios possíveis que tem na cidade. 

Mas o Marco das 3 Fronteiras do lado Argentino é um lugar que merece muito ser visitado. Mas o que é afinal esse tal de Marco ?


Como muitos de vocês já devem saber, nossa cidade faz divisa com 2 países: Argentina e Paraguai. E é porisso que somos chamados de Tríplice Fronteira (3 países bem juntinhos !). E existe um ponto em cada cidade (Foz, Puerto Iguazu e Ciudad del Est) onde todo mundo faz divisa com todo mundo e no meio disso tudo temos o riozão Paraná se juntando com o Rio Iguaçu pra fazer essa divisão de fronteiras. Em cada extremidade de terra firme foi construído um monumento símbolo para demarcar esse ponto que faz fronteira com os outros países, tendo sido transformados tais espaços em pontos turísticos. O monumento é quase igual em cada uma das cidades, mudando apenas as cores, correspondentes às cores da bandeira de cada país. O mais bacana é que de cada Marco é possível visualizar ao longe o Marco dos países vizinhos. 


Cada cidade é responsável pela área do seu Marco, desenvolvimento de infraestrutura e investimento no local. No caso de Foz do Iguaçu tivemos recentemente uma reforma geral na área do Marco transformando a região de um lugar feio e abandonado num belíssimo espetáculo que também merece ser visitado ! E isso tudo foi inspirado na repaginação que a Argentina havia feito recentemente do seu Marco das 3 Fronteiras. Quando a Argentina lançou seu novo Marco logo virou sensação e falatório aqui na cidade ... todos queriam ir até lá ver o "baile das águas", uma alusão ao movimento sinérgico entre chafarizes e música no entorno do monumento, marcando a finaleira do dia.

E acreditem, mas em todos os anos que moro aqui, nunca havia visitado o Marco da Argentina. Eis que fui nesta semana e fiquei muito encantada. O lugar está realmente muito bonito, tem uma infraestrutura bem bacana e escolhi o melhor do dia pra visitar: o pôr do sol ... Que espetáculo ! A galera fica ali sentadinha, voltados todos pro céu para o mesmo lado, apreciando o sol ir embora .... uma cena única. 




Na imagem acima dá pra ter uma visão geral da área do Marco do lado Brasileiro lá do outro lado da margem do rio. A pós reforma ficou um show !

Achei bacana pois tem uma quadra com arquibancada também por ali, o que permite práticas desportivas e também apresentações artísticas. Neste dia mesmo enquanto eu fazia o passeio, meus pais participavam de uma aula de tango ao ar livre na quadra. Muito legal.


Na área tem várias barraquinhas de artesanato, inclusive artesanato indígena. Também há quiosques com lojas de lembrancinhas e outros produtos artesanais a venda, bem como alfajores e erva-mate local, que não poderiam faltar. Aqui nesta região se usa muito matear, mas é um mate diferente do Rio Grande do Sul. Tanto no Paraguai como na Argentina, eles costumam tomar seu mate ou chá numa cuia bem pequena, e por vezes não é mate e sim "té" ... um chá bem diferentão.











O mais bonito do Marco ocorre após o pôr do sol quando então se inicia a Dança das Águas. Ao som de música clássica a área em torno do monumento do Marco tem seus chafarizes ativados ... uma chuva de água colorida começa a "bailar". As crianças e adultos se divertem ... crianças correndo entre as rajadas de água que surgem do nada em diversos pontos da área em torno do monumento ... adultos enfrentando o aguaceiro pra tirar sua foto perfeita no meio da luz colorida. É lindo.

 



A brincadeira para as crianças é tentar descobrir de onde sairão os jatos de água e correr entre eles. A música toca brevemente, mas o vai-e-vem das águas se continua, por hora com vários jatos, por vezes alguns intercalando entre si .... e claro que alguns adultos também curtem se aventurar entre os chafarizes de água pra bater aquela "selfie molhada". Mais cedo a água jorra sem luz .. quando anoitece, o efeito das luzes saindo junto com as águas é INCRÍVEL.






Ahh, um detalhe importante gente. Você não paga entrada pra acessar a área do Marco das 3 Fronteiras na Argentina. E pra chegar lá usamos o Google Mapas .... indicou direitinho a chegada e o retorno pra Foz na maior tranquilidade. 

Enfim, um ótimo passeio. Podem fazer sem medo. Outro dia venho contar sobre o passeio no Marco das 3 Fronteiras do Lado Brasileiro.

 E era isso gente. Até a próxima. Bjs !

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...