29 de abril de 2016

Tá na Moda: Festa do pijama - Dicas de como montar

Vi recentemente que uma empresa aqui da minha cidade começou a fazer festinhas do pijama, com cenário de cabaninhas: um show ! Fui pesquisar na internet e descobri que é uma febre ... em cidades maiores desde algum tempo já vem bombando e já existem inclusive empresas especializadas em montagem desse tipo de festa apenas. 

Mas como funcionam essas festas ? Basicamente não é tão diferente daquela velha "festa do pijama" da nossa infância .. a diferença é que agora está bem mais glamourosa. O cenário costuma ser lindamente montado e a criança anfitriã oferece mais do que comes e bebes: geralmente mimos costumam ser dados para cada convidado. O legal é que como em geral são festinhas pra poucas pessoas, dá pra investir mais em cada detalhe.

E procure conversar bem com a criança pra decidir bem sobre os convidados. Se fosse pra convidar a sala inteira, não seria uma festa do pijama. Este tipo de festa é pra ser mais íntima mesmo, até pra que todos aproveitem mais e possam ter todos mais interação entre si. Convidados em excesso podem trazer tanta algazarra pro ambiente que tudo vira muito mais bagunça do que a esperada divertida e gostosa noite entre amigos.

Existem empresas que realizam apenas o aluguel das cabaninhas, enquanto outras, além disso, fazem toda a montagem do cenário e cuidam dos mínimos detalhes. Algumas oferecem a opção da compra das cabanas, assim você pode fazer uma festinha toda especial pra uma data festiva mas ficar com as cabaninhas pra montar outras "festas do pijama" mais improvisadas e fora de época.

Se diante de tudo isso você ficou naquela velha festa do pijama, com aquela barraca velha emprestada montada no quinta ... você realmente ainda não sabe do que estou falando. Que tal ter uma ideia melhor através das imagens ?


Como podem ver, cada barraquinha é reservada para um amiguinho convidado. De forma geral, a anfitriã costuma oferecer alguns mimos e utensílios para serem usados durante a noite e manhã seguinte. Nas festinha acima, além de toalhinhas, produtinhos de higiene, a anfitriã ainda ofereceu um brinquedo de pelúcia para cada criança, sendo todos iguaizinhos. Reparem também nas almofadinhas com o nome de cada convidada. Uma fofura !

A opção pode ser fazer dentro de casa ou numa área externa. Usualmente vemos boa parte dessas festinhas sendo montadas em ambientes internos, até mesmo pelo fato de serem planejadas com antecedência ... fica mais seguro e ninguém é pego por uma chuva que resolve aparecer de última hora. Mas obviamente o quarto da criança não é uma boa pedida ... a menos que o quarto seja grande e a festinha bem íntima: pra 2 ou 3 amiguinhos. O ideal é optar por salas, garagens e outras peças mais amplas. Afinal, as crianças não estarão ali só pra dormir ... a brincadeira vai tomar conta com certeza !


 Notem que nem só de rosa vive o mundo das festinhas de pijama. Tem opções de várias cores e estampas.

Uma das coisas mais importantes a se pensar numa festa do pijama é que haverão alguns pontos práticos a serem sanados: além da caminha, tem que se pensar nos utensílios de higiene, nas refeições (da noite e do café da manhã) e nas brincadeiras que serão propostas. Claro que você pode simplesmente largar as crianças no meio de suas tendinhas e elas tratarão de fazer a festa com suas brincadeiras ....  mas as empresas tem oferecido outros serviços pra animar: sessão pipoca pra criançada curtir um filmezinho, algum entretenimento visual que pode ser inclusive com mágica ou teatrinho, sessão de spa e beleza, e claro, acima de tudo, brincadeiras divertidas.


Pra facilitar na questão das brincadeiras, existem diversos livros guias cheios de propostas de brincadeiras para as crianças das mais variadas idades. Em geral são propostas que envolvem a criatividade, o trabalho em equipe, o uso de habilidades manuais e a exploração de ambientes internos ou externos ou de objetos do dia-a-dia. Além de divertidas essas brincadeiras são ótimas por favorecem as conexões sociais. Leiturinhas antes de dormir são uma ótima forma de finalizar a noite.

Pra quem tem a possibilidade de investir um pouco mais, contratar alguém pra fazer 1 ou 2 horinhas de recreação não é má ideia. Alguns apostam na alegria da meninada fazendo uma noite da beleza, com direito a contratar alguém pra fazer as unhas das meninas, aplicar creminhos e massagens, brincar de make, etc. Atenção para a escolha dos produtos:  nestes casos opte somente por produtos hipoalergênicos, indicados especificamente para o uso na pele, cabelos, unhas de crianças. Você não quer enfrentar a encrenca de devolver uma criança toda pipocada no outro dia né ?




Na internet você pode encontrar diversos artesãos que estão trabalhando com a área de festinhas do pijama. São várias as propostas de kits lindos para serem fornecidos aos convidados - eles podem conter toalhinhas bordadas com o nome da criança, escovas e pasta de dentes, descanso para os olhos, almofadinhas, sabonetinhos decorados, kit de maquiagem, necessaires, e até mesmo pijamas personalizados para a festa. 



Quando pensar nas comidinhas, suas possibilidades financeiras podem até influenciar nas suas decisões. É claro que é possível montar uma mesa super decorada e colorida, cheia de doces, bolo cheio de frufru, cupcakes estilizados sobre festinha do pijama e muito mais. Mas o ideal é lembrar-se do que é a essência de uma festa do pijama: é a essência dos primeiros desligamentos dos cuidados fraternos pra desfrutar de uma noite na casa do amiguinho, o mais importante são as fofoquinhas no escurinho, as brincadeiras sem fim, o estar junto dos amigos. As comidinhas são importantes para manter as crianças nutridas e satisfeitas, mas não deveriam ser o foco principal desta festa.

Por isso acho super bacana essas empresas que focam em lanchinhos parecidos com aqueles que talvez a criança faria em casa: podem incluir leitinho morno, nescau, frutas, sanduichinhos decorados, cachorro-quente ou pizza, enfim ... você escolhe. Talvez uns docinhos simples de sobremesa.  E claro, aquele café da manhã bem tradicional, com cereais, cafezinho com leite ou nescau, bolinho simples, sandubinha, etc.



As empresas que lidam com as festinhas de pijama costumam já cuidar de tudo isso. Algumas já dispõe de lindas bandejas pra servir os cafezinhos individuais pra cada convidado. E olha que divertida pode ser uma sessão de cineminha com os amigos com pipoquinha e refri.


Mais do que montar uma mesa grandiosa, o mais legal é pensar numa decoração bacana pra tornar aquelas comidinhas triviais mais atrativas. Só de você incrementar a maneira de apresentar os lanches, já deixa tudo mais saboroso. E tem aquela velha história: estando entre amigos, eles comem estimulados pelo que os outros amiguinhos também estão compartilhando com eles. As vezes a criança não come certos alimentos em casa mas na escola come ao ver todos os seus coleguinhas comendo aquele mesmo lanche.



Mas um ponto importante é você saber sobre cuidados na alimentação das crianças. Feito e aceito o convite, é importante contato com os pais de cada convidado pra saber sobre medicações de uso contínua, alergias, alimentos proibidos, etc. Fora isso, é tudo festa.

Aliás, e falando em contato com os pais: não esqueça de ter em mãos os dados de contato dos responsáveis de cada criança para caso aconteça algum imprevisto durante a noite. É uma segurança pra você e uma tranquilidade para os pais do convidado.  Também procure deixar claro o horário que inicia e principalmente quando termina no outro dia, pra evitar que você tenha que se virar depois com almoço pra uma criançada que não deveria estar incluída no pacote do seu domingo todo por exemplo rsrs.

Ufa, parece difícil né ? Mas não é tanto assim não ... embora essas festinhas estejam glamourizadas agora (e sim, são lindas mesmo !), é possível organizar festas do pijama com poucos recursos também.  Quer saber como ? Se liga nessas dicas:

Você pode improvisar cabaninhas com lençóis ou usar aquela velha tática de espalhar colchões pela sala; mandar uma listinha pros responsáveis pelo convidado de quais os itens ele deve trazer de casa (pijama, escova de dente, pasta, chinelo, toalha, etc), montar um cardápio fácil que pode ser feito em casa mesmo como macarronada, pizzas prontas, cachorro-quente, etc. A decoração pode ser feita apenas com balões, bandeirinhas e afins. A imaginação manda. De uma forma ou de outra, tenho certeza que a criançada vai se divertir demais.

E você, já teve uma festa do pijama ? Encararia fazer uma dessas ? Eu amei essa reciclagem da nossa velha festa do pijama.

E até a próxima, bjkinhas de Pimenta !

21 de abril de 2016

Sopa de Letrinhas: Quase Noite (Alice Sebold)


Hoje tem resenha de um livro que comprei neste último verão num sebo de Balneário Camboriú: chama-se "Quase Noite". E foi mais uma daquelas aventuras, de comprar um livro sem saber praticamente nada da história. Mas o que me motivou mesmo na compra foi a autora: Alice Sebold. Já ouviram falar dos livros dela ? 
Bom, eu já li dois livros dela e os temas são massacradores.


Nestas minhas leituras anteriores da autora o tema central de ambos os livros era a violência sexual. Enquanto "Uma vida interrompida" conta a história de estupro e assassinato de uma jovem de 14 anos, "Sorte" narra o estupro sofrido pela própria autora, Alice, quando tinha 18 anos. Ou seja, já sabe que a autora mexe com temas viscerais e tem propriedade pra falar do assunto neste caso, já que ela própria foi vítima dessa violência.


E Alice Sebold não tem meias-palavras - sua intenção é mesmo chocar seu público. Com temas fortes, do tipo que representam verdadeiros "socos no estômago", a carga emocional que estas histórias carregam é gigantesca.


E nesta nova obra, Alice navega por novas tragédias. "Quase Noite" retrata os dramas de uma mulher que mata a própria mãe, já senil e demente. Ahhh, e que fique claro: assim como os outros livros que mencionei de Alice, não estou fazendo "spoiler" não: cada um desses eventos catastróficos é revelado logo no início do livro e serve de contexto para toda a história. Em "Quase Noite", a autora revela que assinara a mãe já na primeira frase do livro. 

"Quase Noite" é todo escrito em primeira pessoa, dando-nos uma surpreendente ótica dos fatos, já que é todo narrado pela própria assassina. Muitas surpresas ocorrem que nos fazem entender que aquele ato extremo, que pareceu inicialmente decorrente apenas de muito cansaço e loucura momentânea, tem na verdade muitas nuances e histórias passadas por trás. 

Confesso que o terço inicial do livro foi meio cansativo. Achei uma leitura arrastada, sem propósito, com precário nexo nos pensamentos e atitudes da protagonista. Embora Helen estivesse realmente muito confusa após todos os acontecimentos .. a leitura não precisaria ser confusa pra retratar isso. E apesar da história legalzinha, de alguma forma não me conquistava. Talvez porque eu estava com muita dificuldade de aceitar todos os eventos até então. No entanto, quando a protagonista, Helen, começa a revelar mais e mais coisas do seu passado é que a história começa a tomar uma forma mais interessante. De repente você quer entender cada vez mais o que se passa na cabeça da protagonista ... de repente você se pega entendendo algumas de suas atitudes... mesmo sendo contra todas elas. E o melhor ... a partir do meio do livro o suspense toma conta pois cada vez mais já não sei que rumo realmente a história vai tomar. E se tem algo que realmente me motiva são histórias com desfechos incertos e que eu realmente PRECISO ler pra saber como tudo irá cursar. 

O que posso antecipar é que você vai descobrir neste livro uma relação bastante complexa e inquietante entre mãe e filha. Vai se pegar se colocando no papel da filha e tentando entender como teria sido lidar com tais problemas que ela lidou no passado. Por alguns momentos talvez você entenda a loucura. Eu particularmente entendi muito dela, mas apenas discordei mais e mais das formas como ela resolveu lidar com toda essa situação. 

O assassinato da mãe de Helen não é premeditado. Não é um acidente. Ele ocorre de uma forma quase intuitiva, como forma de auto-preservação da própria sanidade da Helen. Não parece correto em nenhum momento mas ... estar inserida dentro da mente de Helen facilita tanto enxergar tudo de uma ótica um pouco mais fria, como ela mesmo foi ao longo da história. Mas ao mesmo tempo que ela se comporte como uma pessoa sem moral nem remorso, suas memórias e conflitos internos acabam se tornando um ponto cada vez mais relevante na história e chega um momento que você tem dúvidas sobre se poderia se esperar outro desfecho que não a falta de sanidade em toda a família.

E o desenrolar da história se dá nas 48 horas pós assassinato. Helen mata sua mãe e agora tem um corpo no seu porão .... além da questão técnica de resolver a situação do cadáver, ela ainda precisa encontrar meios pra lidar com sua própria família e com a polícia. Como explicar tudo isso ? Como se esquivar ? Como fugir da curiosidade dos vizinhos ?  Além dessas questões técnicas, nessas 48 horas haverão muitas memórias afloradas sobre o passado de Helen. O livro é um ir-e-vir de emoções.

Sugiro a leitura para aqueles que gostam de livros com temas sombrios e polêmicos... se de início não é tão interessante, após aquele um terço inicial ela se torna melhor, mas no terço final parece imprescindível saber o desfecho. Talvez no início você queira julgar muito a Helen ... depois de um tempo tudo que vai querer saber é quantos motivos mais ela teve pra ser tomada por aquele momento de loucura e como ela vai por fim lidar com isso. 

O livro é bacana. Assim como os outros livros de Alice Sebold, tem leitura fácil, dinâmica, forte narrativa e muitos diálogos. Eu particularmente não gosto muito de livros com excesso de diálogos, prefiro autores que trabalham melhor as narrativas e descrições mas ... não foi uma leitura difícil depois que peguei o embalo.


Leia com cuidado se você tem sérios problemas de relacionamento com a loucura. Não que eu pense que você vai matar alguém depois da leitura mas ... talvez você tenha gatilhos disparados e que te favoreçam o desenvolvimento de sofrimento ao se defrontar com personagens com histórias de vida tão complexas. Enfim .... o mesmo conselho que dou para qualquer pessoa que vá ler os outros livros da Alice. 

Mas eu aprovei a leitura. Poderia ter uma narrativa melhorada mas aprovei. 

Até a próxima ! Bjkinhas de Pimenta. 

Que livro ? Quase Noite

Quem escreveu ? Alice Sebold

E a editora ? Agir
Do que se trata? O romance conta sobre os momentos dramáticos vividos por Helen, que logo ao inicio do livro revela ter matado sua própria mãe.

Uma frase? "No final das contas, matar minha mãe foi bem fácil". É assim que o livro começa e já revela que estamos prestes a nos deparar com uma protagonista cujas moralidade e compaixão não andam em boa ordem.
 
É bom ? É razoavel. Não é uma leitura imprescindível, do tipo "não deixe de ler". Resumiria como uma leitura bacana. Eu, como fã de histórias que mexem com o emocional, sou mais partidária de enquadrar como uma leitura interessante.

Fácil de ler ? A leitura  é fluida, com capítulos medianos a curtos. A estruturação do texto é um pouco confusa as vezes, com idas e vindas entre presente e passado, onde em alguns momentos fiquei perdida pra me situar no momento da história em que se encontrava. Particularmente também não me agrada o excesso de falas diretas entre os personagens.
Recomenda ?  Meio termo, se você é do tipo que curte ler de tudo, é uma leitura rápida e que vale a pena pra intermediar entre outras mais densas. Apenas recomendo bastante cautela na leitura para aquelas pessoas que possuem ou convivem com pessoas com transtornos psiquiátricos severos, pois a história pode ser bem perturbadora e deflagrar gatilhos de sofrimento. 




14 de abril de 2016

Café com Teatro Abril 2016 : Multicultural, Multialegria

E nesse fim de semana rolou mais uma edição incrível do Café com Teatro: evento marcado pela cultura, diversidade e alegria.

O Café com Teatro é um evento que já está inserido na agenda cultural do iguaçuense: esperamos sempre ansiosos por uma próxima edição. E sabe o que é o mais bacana ? Uma edição nunca é igual a outra. A única coisa que se perpetua é mesmo essa sensação de acolhimento e descontração que imperam no ambiente.

Este evento tem ocorrido a cada 3 ou 4 meses, e se alterna entre dois locais: Teatro Barracão e Zeppelin Old Bar. A edição de abril foi no Barracão e foi mais um sucesso.

Se você ainda não conhece este evento, não pode perder os próximos. No Café com Teatro rolam apresentações culturais de todas as formas: música, dança, teatro, exposições, declamações ... tem de tudo. E sabe o que é mais bacana ainda ? O palco é aberto ... ali mesmo na hora você pode conversar com os organizadores e pedir pra apresentar sua arte. 

Além disso tem barraquinhas de todos os tipos: artesanato, pinturas, desenhos, bijoux, brechó, camisetas, rola de tudo. Nesta edição havia até mesmo o serviço de cortes de cabelos !

E não se preocupe com fazer uma boquinha antes de ir: lá rolam altos lanchinhos. O bacana é que em geral os quitutes são vendidos por pequenas empresas ou empreendedores individuais. Todos ganham e a comunidade ganha junto.

E o evento é aberto pra toda família: tem apresentações pra todas as idades. E é maravilhoso ver como cada vez mais as famílias tem se feito presentes, com a presença de bebês até pessoas da melhor idade ... afinal, arte não tem idade.  E assim temos visto cada vez mais crianças e adolescentes tomando gosto pela cultura desde cedo. 

A entrada costuma ter um valor quase simbólico, que varia de 2,00 a 3,00 reais dependendo da edição. Tudo pra facilitar o acesso da população. 

Então, não deixe de prestigiar numa próxima oportunidade. Foz tipicamente sempre foi uma cidade com raros eventos culturais mas esse cenário tem mudado cada vez mais com o trabalho maravilhoso que o pessoal da Casa do Teatro tem feito na cidade. O empenho deles pra promover um evento incrível pra população a cada nova edição do Café com Teatro é mais uma prova disso. 

E agora ficam alguns cliques do último evento: 





























Espero encontrar todos vocês no próximo Café com Teatro !

Bjkinhas de Pimenta.

12 de abril de 2016

Dicas Decor: Como montar uma decoração industrial

Já ouviram falar em decoração industrial ? Pois devia, pois essa tendência tem feito de muitos ambientes puro amor e lindeza. 

A decor industrial se caracteriza por projetos decorativos com espaços amplos, cores mais frias, muitas vezes mais escuras, onde ferro, cromado, alumínio fazem a festa nas peças. 

Um dos pontos mais explorados nas decorações industriais é a iluminação bem característica: uso de luminárias com suportes alongados, armações sextavadas, ferro ou cromo, luminárias seriadas em spot.







Essas lâmpadas amarelas em estilo bem industrial mesmo podem ser encontradas em diversos modelos. Inclusive podem ser usadas amplamente mescladas.



Os objetos decorativos podem ser bem variados - metálicos, em bronze, alumínio, objetos antigos, caem muito bem no ambiente industrial. Outra peça muito difundida nestes ambientes é o uso de relógios antigos, em pêndulo, ou aqueles em estilo estação férrea. Quanto maior, melhor !



Outro ponto interessante é o visual rústico das paredes é um elemento interessante que pode ser usado abundantemente e inclusive mesclado. Tijolos a mostra, imitação de tijolos, paredes com texturas, paredes concretas, acinzentadas, uso da técnica do cimento queimado - todas são ideias bem vindas.


 


Não lembra muito vocês aquelas decorações que aparecem eventualmente nos filmes hollywoodianos ? Não é a toa ... foi lá pelas bandas de Nova York que esse tipo de decoração começou a aparecer. Mas isso já fazem mais de 60 anos ! E agora, a coisa vem cada vez se difundindo mais. 

Mas lá em New York a decor industrial surgiu de forma natural pela própria dinâmica do ramo imobiliários da cidade, onde lofts são muito comuns, bem como o aproveitamento de antigos prédios industriais para moradia. O resultado são decorações com paredes rústicas reaproveitadas, grandes janelões, tetos altos e muitas vezes tubulações a mostra. Obviamente você não precisa de todos esses elementos pra montar uma decoração de inspiração industrial. 


O uso de tubulações a mostra, sejam encanamento a gás, água ou mesmo as extensões elétricas, também é frequente e dá um charme especial nesse tipo de ambiente. Quem diria que você ia querer canos expostos hein ?





Uma combinação de móveis antigos, ferro, paredes com texturas, tubulação exposta e objetos antigos decorativos.


Neste ambiente foi usada uma parede de pedras, que não é incomum de vermos nos projetos arquitetônicos. A diferença é que este tipo de parede costuma ser usada em ambientes externos - aqui foi usado pra cobrir toda uma parede da sala. Viram como uma decoração industrial também pode pender tanto para o lado antigo como para o moderno ?





Eu particularmente adoro os projetos que incluem objetos de arte e puxam para a modernidade mesclado com o antigo. O legal é que não deixa os ambientes tão frios. 

Aliás, se você não curte o visual frio e monocromático deste tipo de decoração, saiba que isto não é regra. É possível inserir elementos de cores, como na foto anterior, ou mesmo dar um toque todo colorido ao ambiente, sem perder a inspiração industrial.




Ah, e o uso de escadas também está em alta. Sejam elas essas escadinhas de serviço ou ainda escadas de ligação entre andares, com corrimões de ferro ou similares. 


E o ambiente pode além de incluir elementos de cor, pode ainda ser bastante acolhedor mesmo que tendendo para a monocromia cinzenta.


Ufa, quantas belezuras, hein ? 

Eu acho incrível esse tipo de decoração. Nunca fui muito fã da monocromia e dos ambientes e cores mais frias para decoração, mas tenho visto projetos arrasadores seguindo essa tendência industrial que estão me fazendo rever meus conceitos. E vocês, curtem esse tipo de projeto ? Me contem !

Bjkinhas de Pimenta.

6 de abril de 2016

Acessórios para Fantasia Feminina: Make, Peruca, Cílios Postiços, Tatoo falsa

No mês passado eu mostrei pra vocês o look que usei na festa de carnaval e como montei ele. Contei sobre os diversos itens usados no look - alguns foram peças novas, outras alugadas, outros foram emprestados, outros acervo - enfim, fiz uma bela mistura pra compor a fantasia. 


Hoje, como prometido, vou contar pra vocês onde encontrei alguns daqueles itens e mostrar com mais detalhes pra vocês. Todos os itens mostrado aqui foram comprados em lojas no Paraguai.

Mas vamos ver mais de pertinho cada item começando pela estrela da fantasia que foi a peruca. A ideia de montar esse look aliás, partiu dessa peruca - quando vi ela no Terra Nova decidi ali mesmo qual seria minha fantasia. A maior parte dos itens que mostrarei aqui são do Shopping Terra Nova por sinal.

(desculpem pela foto sem nem pentear direito a peruca antes ! hehehe ... só me liguei disso na hora que fui "vestir" ela)




Lá no Terra Nova tem um setor com várias perucas. Lindas ! Elas são sintéticas mas são super bonitas. Tem longas, com cabelos lisos, loiros, ruivos, castanhos variados, com cachos, enfim ... vários tipos. E curtinhas tem até poucos modelinhos mas com cores super bacanas e divertidas: loiro intenso, azul, verde, etc. Neste dia as longas não tinham em opções coloridas assim.

Como sou apaixonada por azul, sabia que não poderia escolher outra ! Paguei em torno de R$ 80,00 reais na peruca (desculpem, não lembro o valor em dólar - mas o dólar neste dia estava algo em torno de R$ 4,05 ou R$ 4,10). Então o valor pode variar dependendo da cotação do dólar no dia.

Detalhe pessoal, nas fotos da festa vocês podem notar que em algumas minha peruca está meio verde - isso se deve a luz amarela que esse bar usa nos camarotes - então minhas fotos no camarote saíram assim. Mas ela é azulzinha mesmo ! rsrs

Bom, outro ponto bem chamativo dessa fantasia são os cílios. Também comprei lá no Terra Nova, que tem uma boa variedade de modelos de cílios estilo fantasia. Cílios longos, com strass dos mais variados tipos, com apliques de rendinhas, coloridos, aqueles estilo bem drag queen, com penas aplicadas, enfim ... além é claro de uma boa gama de cílios mais comuns. 






Eu comprei 2 opções pra definir qual seria mais bacana quando estive com o look montado. No final usei o mais fantasiado e ficou lindo. Cada par delas custou em torno de $ 5,50 (dólares).

Dá pra notar super bem ele mesmo na noite. Um brilho lindo e um toque super diferente. Amei tanto que acho que eles não precisam ser usados só no carnaval não - uma balada techno, rock ou pra qualquer look festivo descolado, eles caem bem. Claro que isso pra quem gosta de "causar" rsrs. Se você é discretinha, tem muitas opções de cílios postiços lindos também - alguns com apenas pequenos detalhes em strass, bem chiques. 

Reparem nos cílios !



Vou comentar ainda sobre alguns produtinhos de maquiagem que comprei no Terra Nova pra usar no minha make também. Minha maior dúvida era em relação ao batom: eu tinha um batom preto já em casa, mas desses bem fajutinhos, de loja de fantasia. A qualidade era bem ruim e saía muito fácil. Queria um batom preto que durasse ... infelizmente não encontrei. Mas a moça do Terra Nova me ajudou a encontrar alternativas que foram super bacanas.

Acabei comprando 3 itens de maquiagem: um lápis de olho e boca preto, uma sombra em lápis para os olhos na cor preta acinzentada mas com glitter e um delineador preto cheio de glitter prateado. Mas na verdade os lápis de olho/boca e a sombra eram pra usar na boca mesmo. E foi o que fiz: após cobrir os lábios com corretivo e pó pra ajudar a segurar o batom, usei o lápis pra contornar os lápis, por dentro passei o lápis em sombra, nas bordas passei um batom vermelhão que eu já tinha e por fim aí sim passei dentro o meu batom furrequinha.

Foi ótimo pois ele durou super bem. Mesmo quando o meu batom ruinzinho saiu, eu tinha aquela base pretinha embaixo pra garantir a boca com uma cor punk. Achei bárbaro. Mas o que eu mais amei, foi depois quando usei outras vezes o meu lápis sombra tanto como sombra como pra delinear os olhos: gente, ele é MARAVILHOSO !!! Tudo de bom ! E eu comprei esse lápis sombra quase "chorando" rsrs, porque era de uma marca desconhecida e achei carinho ( 10 dólares - ou seja, paguei pouco mais de R$ 40,00 reais no dia). Mas valeu cada centavinho. Guardem essa marca na cabeça pessoal: KARA DIUM. Amei !

Bom, mas agora vamos ver ele:


Como podem ver, ele não chega a ser preto mesmo, mas sim um cinza escuro, um grafite, mas observem depois o efeito na pele, como ele fica bem escuro - e ao esfumar ele vai acinzentando; quanto mais você esfuma, mais você realça o glitter.


Olha como ele fica ao passar na pele (mão sem preparo nenhum na pele ok ?) e quaando esfumo a sombra em lápis. Embaixo vocês podem ver também a linha do lápis de olho e boca que comprei também. O lápis é bem bom também.



Aliás, esse lápis que comprei, pretinho, foi bem estranho quando abri: me deparei com essa ponta branca. Tomei um susto ! 



Achei que a moça tinha me entregado a cor errada. Mas logo que você passa ele, essa casquinha vai revelando o pretinho embaixo. Muito engraçado. Mas o lápis é bem bom também.  Esse custou $ 2,50 (dólares !), ou seja, pouquinho mais que 10 reais na cotação do dia. Ahh e marca desse lápis é bem conhecida aqui pelas bandas da fronteira: Cherimoya. A marca é americana - aquele típico produtinho de farmácia dos Estados Unidos: bom, bonito e barato ! 



E pra compor a make eu ainda comprei um delineador super glitterinado, preto com prata, mas acabei não usando na make, pois acabei achando sem necessidade já que já tinha enchido a cara de muito brilho rsrs. E também porque não achei que valia a pena usar delineador com os cílios que eu optei usar, já que ele tinha bordas prateadas em alguns pontos rentes ao cílio e eu não queria apagar essa parte. Mas o glitter parece ser bem bonito, quando eu testar conto mais pra vocês.  Esse já foi mais barato, algo tipo 2,5 doletas, por aí.



Bom, finalizadas as minhas compras no Terra Nova, parti em busca de outros produtinhos pra ajudar a compor minha make e eis que pra minha alegria imensa eu me deparo com tatuagens falsas em um mercadão do Paraguai ! Nossa, tudo que eu queria ! Encontrei essas tatoos falsas no Mercadão América, ali próximo do Shopping Americana. Não tinha uma opção muito grande de tatuagens, mas deu pra me virar bem com as que escolhi. Na verdade acabei comprando várias, pra depois decidir quais usaria realmente, onde usaria. 



Gente, e o melhor é que a aplicação dessas tatuagens é muito fácil ! Mas muito fácil mesmo. Não tem erro, não precisam ter medo de borrar .... pois eu e meu pai que somos totalmente atrapalhados conseguimos fazer dar certo hehe.

Olha as 4 tatoos que escolhi (rosa no busto, caveira com coração no antebraço, caveira no braço e caveira nas costas):


Amei; e as tatoos duraram a festa toda e mais o outro dia ainda ! Achei que valeram super a pena. E tem dessas bem grandonas (trouxe aquele gavião enorme pra caso optasse por botar uma gigante nas costas), medianas, várias meio tribais, e algumas opções pequeninas. Mas os desenhos não variam muito - aves, caveiras, flores, tribal, oriental. E é isso. Não me importei de trazer a mais pois elas não são caras .. não lembro o valor exato mas era algo tipo 4 a 6 reais as menores, 8 a 15 reais as maiores, depende do tamanho.

Aliás, foi só alegria neste dia minhas compras no mercadão América. Além dessas tatoos fake, encontrei também uma imensidão de adesivos maravilhosos. Ou seja, os caras manjam dos "paranauês" de colagens hahaha ... adorei. 

E além disso, também comprei no América a meia fina que usei nesta noite. Imaginava meu look com uma meia arrastão mas não esperava encontrar a meia no Paraguai. Achei bem por acaso ! Adorei, porque ela não era nem arrastão ... e sim com um trabalho bem diferente e bonito. Agregou bastante na fantasia. Foi surpresa também porque  não é fácil comprar meia-calça pras gordinhas. Sofremos em especial no Paraguai, com seu padrão "chinesinha", onde o GG corresponde mais ou menos ao nosso M do Brasil. Comprei então apenas 1 par delas, arriscando mesmo ... mas sem esperanças, já que era tamanho único. Mas elas são perfeitas ! Esticam e se adequam bem ao corpo. E com certeza servem pra compor outros looks !

Olha como era a que comprei:





Infelizmente eu não tirei foto do pacotinho, mas comprei no Mercadão América, na seção onde ficam as meias soquetes, meias adulto, infantil e também tem várias meias finas. Além das meias arrastão, meias decoradas, também encontrei lá meia fina normalzinha. Comprei uma pra experimentar, que foi esta aqui na lateral. Essa tem de P a XXG.




Desculpem o lapso mas não encontrei a nota então os valores das minhas compras lá eu lembro vagamente. Lembro apenas que paguei muito barato nas meias. Tanto que trouxe outras comunzinhas dessas, pra academia mesmo. E acho que a decorada saiu 7 reais o pacote com uma unidade. Essa acima não lembro mesmo. Mas eram realmente muito baratas. Detalhe gente: quando visitarem o América, não se preocupem com conversão ! Os preços expostos já são todos em reais. 

Bom gente, finalizo aqui então meu post com dicas de compras de acessórios para montagem de look fantasia. Espero que tenham curtido as dicas e que se lembrem delas quando precisarem de qualquer desses itens. Agora já sabem onde encontrar.

Até a próxima ! Bjkinhas de Pimenta !
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...