18 de janeiro de 2016

Sopa de Letrinhas: O Jogo das Perguntas

Hoje é dia de mais um Sopa de Letrinhas na área !

O livro da vez foi um livro pequenino mas muito intenso no conteúdo.

É esse aqui do ladinho.



Esse livrinho eu comprei meio ao acaso, sem nem saber direito do que se tratava. Comprei pelo titulo: "291 Questões Instigantes Para Você Nunca Ficar Sem Assunto" Fiquei imaginando que era um livro pra você ter ideias pra conversar com as pessoas ... mas fiquei imaginando conversinhas banais, coisas assim. Mas que nada ! De banais as perguntas não tem nada.

O livro é um convite à reflexão. Ok, você pode até usá-lo como ferramenta pra estimular diálogos com outras pessoas ... mas esteja preparados para muito mais que diálogos: talvez embates para cada um defender seu ponto de vista podem surgir. As perguntas do livro são muito intensas, provocativas, inquietantes e tocam sobre assuntos que muitas vezes não pensamos sobre mas que podem dizer muito sobre nós mesmos. Coisas que talvez nem nós mesmos saibamos sobre nós !

Mas como assim Paty ? Oras ... você pode estar usualmente acostumado a pensar sobre qual a sua opinião sobre o aborto, ou pena de morte e temas polêmicos usualmente presentes no nosso cotidiano. Mas o livro expõe algumas questões que extrapolam tanto os nossos limites da razão, que tocam no nosso íntimo maior, sobre quem realmente somos, sobre nossa índole, sobre como reagiríamos em situações concretas que não são nada fáceis de lidar. 

Claro que várias perguntas são bem fáceis de responder seja porque o assunto é óbvio pra gente ou nossa posição sobre o assunto é contundente e definitiva. Mas em alguns momentos, surgem dúvidas. Em outras, ainda que o tema seja fácil decidir, é gostoso parar pra pensar sobre ele e entrar num autoconhecimento sobre nossas condutas diante dos dilemas da vida.

Quer exemplos pra ficar mais fácil entender do que se tratam as perguntas ?  Se liga em como o livro é construído :



Está cheio de perguntas envolvendo questões éticas.








Algumas situações podem já fazer parte das nossas possibilidades cotidianas de enfrentamento de dilemas.





Sim, há questões cotidianas. Bem com algumas situações, embora tecnicamente impossíveis, interessantes pra reflexão pois o questionamento não está tão longe da nossa realidade quando analisamos a pergunta com cuidado. 



Algumas perguntas envolvem dilemas terríveis.


Muitas divagações.


E um punhado de perguntas que são reflexões leves sobre nossa vida, nossa personalidade, nosso cotidiano, nossos sonhos.



E é assim ... as perguntas são colocadas sucessivamente ... sem respostas, sem debate, sem opinião alguma do autor, sem espaço pra você debater .. simplesmente ela é jogada e você pode parar o livro pra pensar sobre cada uma delas antes de partir pra próxima pergunta. 

Como puderam perceber o ritmo do livro quem dá é você. Vai depender do quanto você está mesmo disposto a se conhecer, a pensar profundamente sobre os assuntos tratados, o quanto quer se expor pra si mesmo. Confesso que há perguntas que eu nem quis pensar muito sobre, pois achei tão difíceis de me posicionar que preferi resumir em alguma resposta sem uma explicação plausível pra mim mesma. Ou então decidia rapidamente me prometendo pensar mais sobre isso em outra oportunidade. 

Eu confesso que fiquei bastante surpresa com o livro e achei que no final das contas tem uma proposta bem mais profunda daquilo que eu imaginara. Muito mais do que uma listinha de temas bacaninhas pra um bate-papo descontraído o livro traz temáticas que talvez você sequer queira debater com qualquer pessoa. Mas é legal tanto pra você fazer um jogo de perguntas com o namorado, com a família, com amigos ou mesmo sozinho. E acredita, talvez você se surpreenda ao se pegar totalmente indeciso ou pensativo ao ser questionado sobre princípios e valores dos quais sempre teve muita certeza sobre o certo ou errado.

Curti ! E se você está também disposto a refletir e pensar mais sobre temas gerais sobre como você encara a vida e a sociedade, sugiro que invista neste livro.

Até mais.

Que livro ? O Jogo das Perguntas
 
Quem escreveu ? Gregory Stock
 
E o título original ? What makes great fashion - 80 masterpieces explained
 
De que ano é? 2015
  
Qual o assunto do livro ? O livro traz 291 perguntas diversas sobre dilemas éticos, morais e princípios gerais sobre a vida, sociedade, sobre o  amor, sobre família, negócios, ciências ou mesmo sexo. É um convite ao debate e à reflexão. 

Mas é um jogo ou um livro ?   É um livro de perguntas. Acredito que o nome de "Jogo" esteja mais ligado ao fato de que as perguntas são tão instigantes e reflexivas que enfrentá-las é praticamente como uma aventura ao seu eu interior. E isso não deixa de ser um "jogo sobre a vida".
 
É um livro denso ou leve, intenso ou engraçado ? Apesar de ser uma simples lista de perguntas, as reflexões podem ser bastante densas. A intensidade do livro está atrelada ao quanto você quer se entregar pra pensar sobre os temas propostos. Nada de perguntinhas irônicas ou engraçadinhas.
E a linguagem ?  Fácil. 
 
Mas cansativo ?  Não é cansativo mas embora seja possível ler ele rapidamente, apenas lendo e pensando rapidamente sobre as respostas, acho que não é essa a proposta do livro. O legal é reservar algumas poucas perguntas pra cada "jogada" e procurar explorar bem as possibilidades de respostas. 
 
Recomenda ?  Com certeza ! Vale a leitura para todo e qualquer ser humano. Seja ele provido ou não de ética ou moral. Todos nós, independente do nosso maior ou menor grau de moralidade, podemos ter certos limites, nunca testados ou provocados. Ainda que na teoria, alguns são postos na mesa neste livro e te fazem pensar sobre assuntos delicados. É uma ótima maneira de conhecer-se melhor ou para um melhor conhecimento entre amigos ou família. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...