5 de novembro de 2015

Sopa de Letrinhas: Libertada - Memórias do Cativeiro de Cleveland

Galera antenada na leitura, hoje tem resenha de outro livro: LIBERTADA - Memórias do Cativeiro de Clevelando - Uma década de escuridão, uma vida recuperada.  O nome é comprido, mas também a história é igualmente - e terrivelmente - longa. 

Não que o livro seja longo, não é. Inclusive é uma leitura que pode ser bem rápida. Mas a história da autora, Michelle Knight, é autobiográfica e conta sobre longos e arrastados anos que ela passou em cativeiro.

Michelle era uma jovem de apenas 21 anos quando foi sequestrada. Era mãe de um garotinho pequeno. Tinha uma vida conturbada, uma família problemática, uma vida já cheia de histórias pesadas. E ela mal sabia o que a esperava. Michelle passou 11 anos em cativeiro ! Dá pra imaginar isso ? Pior do que 11 anos em cativeiro, é ter passado esses 11 anos sendo humilhada, estuprada, torturada física e emocionalmente. 

Não há muito o que falar sobre esse livro. Ele conta sobre toda essa trajetória da Michelle. Fala um pouco sobre sua infância e adolescência e por fim passa o restante do livro contando sobre esses anos de cativeiro. Sua história é real e ficou conhecida porque ela conseguiu se libertar do seu algoz. Não é um spoiler, pois a capa, contra-capa, resumo e a imprensa mundial trataram de divulgar o final. Bom, não exatamente o final. A imprensa mundial contou sobre sua libertação e é bem provável que você tenha ouvido falar da história dela nos noticiários na época. No livro também é possível saber um pouco mais sobre sua vida pós libertação.

Não é um livro fácil. É difícil, pesado, quase torturante. Confesso que fiquei chocada com o livro. Fiquei imaginando como seria passar por aquilo. Fiquei pensando sobre o ano em que ela foi sequestrada (o sequestro aconteceu em 2002 - em Cleveland, nos Estados Unidos) e ficava pensando nos seus relatos ano a ano e lembrando de tudo que eu vivera em cada um daqueles anos. Fiquei pensando em tantas coisas boas aconteceram comigo enquanto havia um ser humano passando por tudo aquilo. Não posso nem imaginar quantas mulheres passaram por tantas coisas terríveis nesse tempo. Pois tomar conhecimento dos pormenores do que houve com um único ser humano, já foi sufocante.

É uma história terrível. Tenha estômago para ler. É triste. Muito triste. Por mais que ela seja libertada, como você recupera 11 anos de violência, espancamentos e estupros ? Enfim, o livro é muito mais que um soco na boca do estômago. É um nocaute por completo. 

No meio do livro há algumas fotos. Tanto de Michelle criança, adolescente, ainda jovenzinha. E também fotos tiradas pela polícia da casa onde ela foi mantida refém. No decorrer do livro, você logo se familiariza com a casa pois ela descreve bem os cômodos e toda a sujeira. Ver fotos dos locais onde ela foi espancada e abusada é horrível. É como se fosse uma concretização maior dos crimes, materializados na sua mão. 

O Inferno onde Michelle passou 11 anos cativa

A coragem de recomeçar

Mas há também fotos da Michelle que ela se transformou depois. E isso também vale a pena ser visto e lido. Até porque no final das contas, é uma história que merece ser lida. Acho que é sempre importante ouvir mulheres que passam por esses grandes traumas. Porque as vezes elas precisam justamente disso pra se libertar. Depois de tanto tempo caladas, é preciso que sejam ouvidas e lembradas. E que bom seria se pudessem saber o quanto a gente se importa. 

Então, se você é forte, leia. E por mais forte que seja, duvido você não chorar. Eu chorei muito por ela. Fiquei horrorizada, queria tanto confortá-la.

 Um pouco mais do livro:

Que livro ? Libertada - Memórias do Cativeiro de Cleveland. Uma década de escuridão, uma vida recuperada
Quem escreveu ? Michelle Knight

E a editora ? Fontanar
Do que se trata? É um livro auto-biográfico, que conta sobre a terrível história de Michelle, que passou por 11 anos de cativeiro após ser sequestrada aos 21 anos de idade. Michelle foi espancada, torturada, humilhada e estuprada durante todo este tempo. E ela conta com muita coragem sobre como sobreviveu a tudo isso.

É bom ? É muito difícil adjetivar o livro. É forte, é angustiante, é pesado. Te causa tristeza e mal-estar. A história é boa ? Como responder isso ? Não há como dizer que é uma história boa. É absurda ! E não acredito que todas as pessoas sejam capazes de lê-lo. Há que se ter estômago.


Fácil de ler ? A leitura é fácil, fluida, com capítulos curtos e bem organizados. 
E a linguagem, acessível ? Cansativo ?  Leitura bem fácil, nada cansativo, li em cerca de 3 ou 4 dias.

Recomenda ? Acho que é importante a leitura, principalmente pra que prestemos atenção no relato dela e como ela sugere que as pessoas de forma geral possam estar atentas ao que ocorre nas vizinhanças. Que se tenha coragem de denunciar se há dúvida sobre o comportamento estranho que possamos notar nas pessoas. E principalmente quando ela menciona os abusos anteriores que ela sofreu: tantas pessoas que poderiam ter notado que ela tinha problemas em casa e ter tentado ajudar; mas nada disso aconteceu. Acima de tudo pra mostrar a dor de uma pessoa que sofre bullying também, pois ela teve também uma infância e e adolescência bem sofridos e faltou atenção de parentes e professores, pra perceber sua dor e ajudar ela. Faltou amor ao próximo.

E essa era a resenha de hoje gente. Um livro forte, uma história comovente. Eu particularmente pensei muito em como já "sofri" na minha vida por pouca coisa. Claro que todos temos o direito de termos nossos próprios problemas e dores. Mas confesso que fiquei lembrando que em 2003-2004 passei pela pior fase da minha vida, e foi uma época bem triste, me sentia sozinha e sem esperança. Quando li o livro e me dei conta que enquanto eu estava lá, lamentando por conta daqueles meus problemas que tinham na verdade inúmeras soluções ... essa menina estava passando pelo seu segundo e terceiro ano de cativeiro. Passando por coisas terríveis. Enquanto eu sofria, enquanto eu estudava, enquanto eu amava, enquanto eu viajava, enquanto eu chorava ... enfim, enquanto eu vivia ... lá estava ela num inferno. Isso é um sentimento difícil de explicar.

Mas sugiro que leiam ainda assim e tirem suas próprias conclusões. E aguardem os próximos Sopas de Letrinhas. Devem ter vários na sequência, pois estou bem atrasada pra resenhar os livros, já li alguns no mès passado e ainda não postei. Aguardem !

4 comentários:

  1. oi gostei muito da sua resenha, a história a muito comovente e tbm muito triste.
    eu não sabia que a história dela tinha virado livro.
    bjssss.
    http://www.conversandocomolivro.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Wallace, e vc que já conhecia a história, sabe que tem ainda coisas mais mórbidas no meio desse sequestro ... eu não quis nem mencionar no post sobre, pra ser surpresa pra quem nunca ouviu falar sobre ela. Mas realmente é mto triste.

      Excluir
  2. Gostei muito da recomendação. Vou procurar o livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que curtiu Nina, procure sim, é um livro de leitura difícil pelo tema mas bem válida. Um bjo.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...