15 de maio de 2015

Sopa de Letrinhas: As Esganadas

Recentemente terminei de ler mais um livro, dessa vez do Jô Soares. O livro As Esganadas foi lançado em 2011 e mais uma vez a história permeia um universo familiar pra quem já leu outros livros de Jô Soares: assassinatos em série ambientados na época de Getúlio. 

No livro As Esganadas a história toda ronda o mistério de mulheres muito obesas que são misteriosamente assassinadas. Na verdade não há muito mistério para o leitor, pois cedo na leitura já ficamos sabendo quem é o autor dos assassinatos.

O assassino é revelado muito cedo e é uma figurinha bastante peculiar. Sua motivação também é precocemente revelada: o ódio da mãe já morta, que era muito obesa e gulosa, propulsiona o jovem a cometer crimes contra outras mulheres nas quais enxerga a imagem materna pelo simples fato da opulência corporal. 

É uma leitura bem leve e descontraída, fácil e sem grandes pretensões. Figuras um tanto quanto caricatas fazem parte do cenário do livro, onde personagens sem grande densidade psicológica compõe o principal elenco do livro: os detetives e investigadores do crime, além é claro do próprio assassino. Os assassinatos tem uma mistura de sadismo com erotismo, embora explorada de uma forma bastante negativa, já que é vista pela ótica do assassino que tem prazer em matar e abusar de mulheres obesas. 

A narrativa é bem fluida e a leitura dinâmica. Foi um dos livros que li mais rapidamente nos últimos tempos. Apesar da temática supostamente forte o livro parece se enveredar mais para uma tentativa de veia cômica. Não chega a ser cômico, não chega a ser trágico, é difícil definir o que é. Mas é uma leitura pra ser feita sem grandes expectativas, exceto buscando por um passa-tempo agradável. E acredito que esse talvez seja mesmo o objetivo do Jô. Nada profundo, nada muito elaborado, mas também nada imprescindível. Um livro bom pra ser lido na beira da praia, no aeroporto, numa viagem onde o tempo ocioso estará presente.

Que livro ? As Esganadas

Quem escreveu ? Jô Soares

Qual a Editora ? Companhia das Letras

De que ano é ? Foi lançado em 2011

A linguagem é simples e acessível ? Majoritariamente sim e de fácil leitura.   
 
E sobre o que é ? Uma espécie de romance policial com um toque de humor. A história se passa nos anos 30, na Era Vargas, onde uma série de assassinatos de mulheres gordas toma as manchetes e causa grande comoção no Rio de Janeiro na época. Com o assassino apresentado logo no início do livro, a narrativa fica por conta das peripécias porque passam os investigadores pra tentar desvendar a autoria dos assassinatos. 
 
Cansativo, Empolgante, Irritante ? .A leitura é fácil, fluida e a história cativa, apesar da superficialidade do enredo. Nada cansativo e provoca uma inquietação e curiosidade acerca do rumo da história. 

Recomenda ? É um ótimo livro pra ser lido em horas vagas. Uma leitura descontraída e superficial mas agradável. Achei perfeito pra ser lido entre leituras mais densas ou demoradas.
 
 
E era isso, Bjkinhas de Pimenta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...