29 de abril de 2015

Dicas de organização: como renovar sua casa e desapegar do desnecessário ?

Você já parou pra pensar por que pra algumas pessoas é tão fácil e óbvio manter sua casa ou local de trabalho organizado e ajeitadinho ?

Você pode dizer que a preguiça, a falta de tempo e a falta de espaço são importantes contribuintes para isso e eu concordo que são elementos que podem fazer parte. Mas também acho que a personalidade também é um fator fundamental. Enquanto algumas pessoas facilmente se satisfazem com um ambiente "clean", outras pessoas adoram "carregar" nos adereços e enfeites e tem uma mania de guardar objetos dos mais variados.

Eu particularmente me enquadro nessa última categoria. Tenho um apego enorme por "objetos", "coisas", "lembrancinhas". Adoro guardar miudezas, coisinhas bonitinhas, objetos que de alguma forma remetam a boas lembranças, revistas antigas, etc. Com isso, por mais espaço que você tenha disponível, ele nunca é suficiente. Você acaba ocupando cada vez mais seus armários com objetos sem uso e tornando o visual do seu espaço muito poluído.

Como mudar isso ? Atitude ! Temos que ter consciência do que estamos fazendo e sermos capazes de exercer nosso desprendimento. E neste ano me propus a fazer isso. Fazer uma limpa nas minha gavetas e armários, nos meus materiais de estudo, em tudo. E procurar renovar o espaço, me livrando de tudo que é objeto desnecessário e dispensável. 

Então se liga nessas dicas, sobre como liberar espaço na sua casa, ter coragem de desapegar e conseguir selecionar melhor o que vai manter no seu espaço. 

  • Estipule prazos para utilização de objetos sem uso

Não tem certeza se está pronta pra jogar algumas coisas fora ? Estipule um prazo para uso delas. Eu por exemplo queria me desfazer de algumas paletas de maquiagem e não tinha coragem. Há tempos não usava mas achava tão legais as cores. Então me dei 6 meses de chance .. caso não usasse, jogaria elas fora. Deu certo e consegui desapegar (algumas ficaram, outras joguei).
Você pode usar esse mesmo princípio para roupas, acessórios, bolsas e calçados.


  • Fotografe objetos que tem apego emocional

Dificuldade para se desfazer daqueles objetos do passado que trazem lembranças bacanas ? Guarde apenas o que realmente fizer sentido pra você. Pense nos objetos os quais você se contenta em apenas lembrar da existência deles: fotografe pra guardar de recordação e jogue os objetos fora.



  •  Agendas velhas: reúna as informações importantes

Se as agendas não tem significado afetivo pra você, se desfaça ! Eu reuni algumas das minhas agendas e anotei tudo que poderia haver de importante nelas em apenas uma agenda mais atual e joguei todas fora. Nada de guardar uma agenda inteira pois podem ter alguma informação relevante no futuro. O mesmo vale para listas telefônicas: livre-se das antigas ! Acredite, você não precisa de uma coleção delas, guarda apenas a mais atual.

  • Revistas Velhas: leia ou jogue fora

As vezes guardamos revistas porque falam de acontecimentos marcantes, ou porque pensamos que um dia ainda poderemos lê-las. Mas vale a mesma dica pros objetos com pouco uso: estipule prazos. Se sua intenção é lê-las no futuro, retire-as aos poucos e deixe na sua cabeceira. Pode ser uma por semana, uma por quinzena, não importa. Aí você se dá aquele prazo para lê-la ... lendo ela ou não, jogue fora quando terminar o prazo e substitua por outro. Talvez você se dê conta que você guardou uma revista inteira por conta de uma reportagem que nem valia tanto a pena assim. Guardar tanto papel por conta do passado ? Arranque as páginas que te interessam e monte um álbum então. Mas jogue as pilhas de revista fora. Claro que se você é uma colecionadora, a história é outra.

Eu por exemplo curto guardar alguns tipos bem específicos de revistas: revistas em inglês da Speak Up mesmo que velhas, revistas do tipo colecionáveis com algum assunto que me interessa, gibis especiais (como esse com o episódio do casamento da Mônica e Cebolinha) e principalmente revistas sobre guerras (sou aficcionada pelo assunto !). Todas são revistas muito importantes pra mim. Mas do mais: fora ! Joguei fora muitas revistas femininas, afinal, não coleciono e é bobagem achar que um dai vou querer reler novamente.




 DICA

Uma dica se tem dificuldade de se desfazer das revistas: em relação as femininas, peguei uma agenda velha e montei uma espécie de álbum. Recortei fotos que achava interessantes, dicas de produtos que possa querer comprar, looks que de alguma forma especial me chamaram a atenção. Colo na minha agendinha e jogo a revista fora. E se a foto não couber na agenda ? Só lamento, vai fora !


  •  Material de Estudo

As vezes achamos que um dia podemos vir a precisar novamente de alguns desses materiais que usamos no colégio, cursinho, faculdade. Mas alguns desses materiais acabam se tornando ultrapassados e não vale a pena guardar. E novamente, se por anos não usou, é hora de se desfazer.

Aproveitei e fiz uma boa limpa também nos meus materiais de estudo. Eu tinha muito material da época de cursinho e de colégio. O legal é você passar adiante se possível. Caso não conheça estudantes que possam querer o material, é o material perfeito pra passar pra empresas ou pessoas que trabalham com reciclagem.

E esse jogo fez muito sentido pra mim no passado e guardo há anos. Não tem porquê seguir guardando ele. Resolvi doar.


  • Corpo Novo: Roupa Nova

Esqueça a história de guardar roupas pra quando emagrecer !
As vezes temos essa ilusão de guardarmos roupas que curtimos mas não nos servem mais na esperança de um dia voltar a caber nelas. Eu, como uma experiente mulher de efeito sanfona ao longo dos últimos 20 anos, posso te dar a certeza: quando você emagrecer, você não vai querer essas roupas. Quando a gente emagrece, corremos felizes da vida pra comprar roupas novas ! É fato ! Não há nada melhor do que entrar numa loja e tudo se assentar tão bem... então, não tenha medo. Guarde somente uma pecinha ou outra pela qual tenha muito carisma ou aquela peça atemporal pra ser guardada por anos mesmo (tipo uma jaqueta ou um casaco especial). Mas blusinhas e pecinhas da moda de anos anteriores ? Desfaça-se.

Fiz 2 grandes limpas de roupas nos últimos 2 anos e neste ano consegui fazer uma boa limpa nos calçados. Mostrei um pouco no vídeo lá embaixo.

  • Papelada, contas pagas e comprovantes em geral

Para evitar papelada espalhada por tudo, procure organizar suas papeladas e não espalhar tudo de forma aleatória. Eu adoto o sistema de caixas há muitos anos e tem dado super certo.

Sistema das Caixas 
Separei uma caixa de sapatos pra guardar exclusivamente contas pagas: telefone, celular, luz, água, boletos em geral. Quando a caixa encher, você então pode fazer uma limpa e jogar fora todas as mais antigas mantendo apenas as contas de último ano ou meses por exemplo. Algumas a recomendação é que sejam guardadas por 5 anos. Se são contas de empresa, guarde pelo tempo recomendado. Após alguns anos, acabei tendo uma caixa de sapatos guardada cheia apenas com contas dos últimos 5 anos, e uma caixa ativa mais a mão, pra ir guardando tudo que é mais atual pago e ir jogando fora em prazos menores.

Já outras papeladas, fiz o seguinte: separei essas caixas durinhas que compramos em papelaria e guardo tudo organizado. Em uma das caixas, apenas exames médicos (como raio x, ultra-som, endoscopias), também algumas receitas médicas e bulas e tudo que for relacionado a saúde e não pretendo me desfazer. Em outra caixa, guardo os meus certificados profissionais. Em outra caixa guardo documentos e papeladas diversas das quais não pretendo me desfazer por agora e mesmo não são de uso ocasional sequer. Em outra caixa, guardo tudo que é papelada atual, é uma caixa que fica a vista, onde tudo que é papel que não sei o que fazer: jogo na caixa.  E assim faço como a caixa de sapatos com contas: vou deixando acumulando e de vez em quando faço uma limpa nela, e elimino tudo que é desnecessário. E claro, de tempos em tempos é bom procurar também rever as outras caixas pra ver se não tem coisas que podem ir fora após tanto tempo.


Parece muito, mas acreditem, é um grande progresso pra mim. Eu costumava guardar muito mais coisas e de forma tão aleatória que não sabia nada sobre o que estava aonde.

Papelada é um "peso morto". Além de ocupar muito espaço, traz muita sujeira, atrai traças e outros insetos e acumula pó e energia negativa. Quanto mais eliminarmos, melhor !

  • Cremes, remédios, produtos vencidos

Essa limpa deve ser feita anualmente. Aqui em casa fazemos todo ano, tanto nos armários da cozinha, dos banheiros e na caixinha de remédios. E é incrível, todo ano sai coisa. Nos armários da cozinha é sempre possível encontrar alguma coisa vencida escondida no fundo. Remédio vencido então nem pensar. Cosmético é muito peculiar: eu particularmente guardo maquiagem e afins por mais tempo do que o recomendado, enquanto a textura, cheiro e características seguirem firmes. Mas outros produtos eu jogo fora, até mesmo pra cabelos, não guardo produtos vencidos.
E se você é do tipo que usa maquiagem vencida, você deve fazer uma avaliação: está vencida e apenas guardada ou está vencida e você usa mas pouco ? Pois pra termos muita maquiagem vencida, é sinal ou que temos muita maquiagem, ou  que estamos usando pouco as que temos ou ainda que temos maquiagens que nem gostamos de usar mas seguimos guardando pelo simples prazer de acumular quantidade de maquiagem. Será algum desses fatores ? Se você definitivamente não está usando as makes, reveja a primeira dica. Estipule prazos. Se não usou naquele prazo, jogue fora ! 

  • Pra que serve isso mesmo ?

Por que é que você guarda coisas que nem sabe direito pra que servem ?
Encontrei nas minhas gavetas vários objetos que eu nem sabia direito o que eram ou pra que serviam. Cabos estranhos, carregadores de celulares que não tenho mais, conectores eletrônicos que não faço ideia de onde eram, etc. Fiquei anos guardando essas coisas temendo que algum dia descobrisse pra que servissem e deles precisasse. Mas me dei conta que podem ser passar mais 10 anos e tudo estará ali guardado no fundo da mesma gaveta e eu continuarei sem saber sequer pra que servem tantos cabos e pequenos objetos estranhos. Se não me serviram nos últimos anos, bom, não precisarei mais. Jogue fora você também seus objetos estranhos !




Sei que me deliciei jogando muitas coisas fora na minha última limpa aqui em casa.

Querem ver cada coisa esdrúxula que guardava ? Olhem lá:



Espero que vocês sinceramente se sintam inspirados a liberar espaço na sua casa pra novas memórias.

Me conte mais sobre quais coisas você tem mais dificuldade pra se desapegar. E do que conseguiu desapegar mesmo com dificuldade e que técnica usou ?

Bjkinhas de Pimenta !

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...