17 de janeiro de 2013

Sapatos Divertidos (by ETSY)

Você, como eu, é daquelas que simplesmente ama sapatos super divertidos ?

Sabe, aqueles com desenhos engraçadinhos, que brincam com as formas, com as cores, com estampas e até mesmo arrisca em alguns materiais e texturas que alguns podem considerar um tanto quanto estrambólicas. 

Pois é desses mesmo que estou falando e sou super fã ! E que alegria quando esses dias encontrei um site Super Cool, onde você pode encontrar uma diversidade imensa de itens de vestuário e calçados, com uma pincelada ou toque pessoal de verdadeiros artistas. Trata-se do ETSY !! Lá é possível encontrar vários calçados personalizados, transformados em peças divertidas e super exclusivas. Espia só:






















































A pergunta que não quer calar é: será que existem outros seres estranhso e nebulosos no planeta que também piram nesses calçados exóticos e divertidos ? hehe, eu acho o máximo, pra um "look power-crazy" ... tá bom, mais "crazy" do que "power", mas adoooro !!! 

Quem quiser conhecer mais, não deixe de visitar o site da ETSY (clique para visitar). Tem itens variados, não apenas calçados, vestuários, como itens de decoração. E não, nem todos os produtos a venda são "maluquinhos", pelo contrário, está cheinho de peças bacanas pra "pessoas normais" rsrsrs. Ahhh e não deixem de visitar a seção VINTAGE, que é maravilhosa também. 

"Crazy-Kisses" !!! rsrs

15 de janeiro de 2013

Sopa de Letrinhas: O Duelo - Churchill x Hitler

Finalizei há alguns dias o livro "O Duelo - Churchill x Hitler - 80 Dias Cruciais para a Segunda Guerra Mundial". Basicamente o livro retrata um período específico da Segunda Guerra, quando a Almanha já tinha dominado a Europa quase inteira, e faltava praticamente apenas a Inglaterra para ser conquista. Enquanto outros países e até mesmo muitos ingleses torciam para que a Inglaterra aceitasse um acordo para não ser invadida, Churchill tomou outro rumo: resolveu enfrentar Hitler. Um Duelo quase sem armas ... baseado mais em expectativas, ameaças, planejamento de ataque e defesa. Vale muito a pena a leitura !!!

Eu sou fascinada por histórias de guerras (o que já devem ter notado no último "Sopa de Letrinhas" quando comentei sobre minhas comprinhas de sebo) ... mas meu fascínio é em especial sobre as Mundiais, acima de tudo sobre a segunda ...  Talvez porisso tenha me jogado naqueles assuntos no sebo, estava tão encantada com minha leitura de "O Duelo". 

Incrível que até então eu ainda não havia quase lido livros específicos sobre elas. Meu interesse sobre as grandes guerras era saciado através da internet, de livros colegiais e também assitindo dúzias de filmes sobre o assunto. Mas agora, finalizado O Duelo, vejo que ainda tenho muito pra ler.

Isso porque através de O Duelo Churchill x Hitler, pude ver que eu tinha uma imagem muito distorcida e superficial de Churchill. Eu nunca havia pensado muito sobre o desempenho dele na segunda guerra mesmo. Agora pensando em Churchill me pego imaginando ele como uma figura pública um tanto deplorável. Um bêbado ? Um cabeça-dura ? Um coitado perdido no meio do governo ? Ele parece ter sofrido muito "bullying" dos seus colegas políticos. Tenho agora certa urgência em ler outros pontos de vista sobre quem ele foi, já que deixo minha consciência em alerta em relação a quanto a opinião pessoal do autor pode ter influenciado em excesso para uma visão de um primeiro-ministro patetão.

E sobre Hitler, o livro me atiçou a curiosidade, porque me deixou realmente na dúvida se as impressões que tive dele realmente correspondem à realidade: estaria Hitler simplesmente apavorado com a Inglaterra ? O que sentia ele realmente em relação aos ingleses seria admiração ou na verdade teria ele um sentimento imenso de inferioridade ? Embora o livro bata na tecla de que era pura admiração e carisma pelos ingleses, de forma que não queria invadir a Inglaterra ... tive dúvidas. Ele estava com a faca e o queijo na mão, e por conta de sua exitação e suposta admiração pelos ingleses, ele simplesmente perdeu a guerra (ainda bem !) mas é difícil de entender o que afinal passava na cabeça dele em relação à invasão que ele não fez, o que acabou culminando com o seu fim.

Minha conclusão com o livro é que não foi Churchill quem ganhou o duelo e sim Hitler que o perdeu. Assim como não foi os Eua que salvaram a Europa e sim Hitler e sua reviravolta contra a Rússia que salvaram, indiretamente, a Europa e a guerra. Claro que a participação americana foi fundamental mas o fato é que se Hitler não tivesse decidido atacar os comunas ele não teria dado brecha para que toda uma resposta ocorresse. Talvez eu esteja falando muita bobagem baseada em apenas um livro que li, já que minha visão era bastante limitada. Digo porque sendo uma pessoa que só conhecia as coisas do colégio, de reportagens e filmes, vejo que há muitas histórias paralelas que também merecem ser conhecidas; aprendi várias coisas novas sobre esse período da guerra e me atiçou muito a vontade de ler mais sobre as estratégias e detalhes dos desdobramentos dela.Que bom que já estou preparada pra isso: vários livros sobre já comprados, uhu !

Estou considerando ler este mais pra frente: Churchill - A História Ilustrada (Brenda Ralph Lewis), da Editora Europa.
Sinopse da Saraiva: "Todos sabem do papel imprescindível de Churchill como grande líder do exército Aliado contra a ameaça da Alemanha nazista comandada por Adolf Hitler. Naturalmente, em Churchill, A História Ilustrada todos os seis anos de Segunda Guerra Mundial estão ricamente descritos e ilustrados com fotos da época. Mas, por meio dessa detalhada biografia, o leitor saberá também que Churchill já era um político proeminente bem antes disso: na Primeira Guerra Mundial, ele foi o chefe da poderosa Marinha Inglesa, por exemplo. O livro escrito por Brenda Ralph Lewis relata também muito da vida pessoal do político, com histórias de seus tempos de escola, quando chegou a ser considerado um garoto problema por seus professores, ou de sua juventude, quando serviu o exército e ficou famoso por escapar da prisão durante um conflito na África do Sul. Churchill, A História Ilustrada mostra, por meio de texto e de muitas imagens, como um estadista exemplar tem de ser, acima de tudo, corajoso e visionário."
Que tal pra explorar uma outra visão sobre ele ?


Que livro ? O Duelo - Churchill x Hitler - 80 dias cruciais para a Segunda Guerra Mundial
Quem escreveu ? John Lukacs
E sobre o que é ? "Um relato fiel dos 80 dias do duelo travado em 1940 entre Adolf Hitler, na iminência de uma vitória absoluta, e Winston Churchill, ameaçado de ver a Inglaterra invadida e a guerra perdida." (Trecho retirado do site da Saraiva) 
Enfadonho ? Que nada ! Cursa de maneira fluida, tem uma linguagem bem bacana, não traz descrições excessivamente detalhistas, é objetivo nas informações. Outra coisa bacana é que o livro não pressupõe que seus leitores sejam entendidos no assunto, não pincela sobre assuntos que acha que já deveríamos saber. Explana aspectos paralelos, ainda que superficialmente, mas de forma a conseguirmos acompanhar a evolução daqueles dias crucias. Nada de enxurrada de nomes, que dali a pouco já não sabemos mais quem é quem.

13 de janeiro de 2013

Mesa Cooler para Notebook

E por falar em refrescar as idéias, outra ótima pedida é refrescar o computador (lugar aliás onde vagam muitas idéias nossas, então já refresca todo mundo hehe).

Então numa daquelas promoções malucas de fim de ano comprei uma E-table Cooler. Uau, que nome mais estrambólico hein ! Pois super útil, é uma mesa pra notebook com um cooler integrado (sisteminha de ventilação pra resfriar o notebook). Ou seja, nada de note esquentando e queimando a gente por aí. Foi uma compra de impulso via Submarino mas que era imperdível ... a mesinha estava saindo de 199,00 reais por apenas nem 3,00 reais (uffhh, isso mesmo, com o frete, aí custou 10,00 reais, muito mais caro o frete do que a mesa rsrs).

Virou a fiel escudeira da cabeceira da cama. Olha que maravilha:


Já aproveite e levei inclusive nas minhas andanças ... foi pra Santa Maria, foi pra Camboriú. É muito prático de guardar, leve e quando encaixada e dobrada a mesinha fica uma belezura pra encaixar na sua mala.
As pernas não ficam se fechando enquanto você usa, pois elas tem travas pra quando ela estiver aberta. E o cooler funciona super bem !!! Mantem o computador fresquinho e suas pernas agradecem, porque além delas não torrarem também, elas não tem que ficar suportando o peso ou contato do computador, que é bem desagradável principalmente agora no verão.


Nada de pilhas ou fios atravessados por aí. Um fio retrátil com entradinha USB simples é conectada no computador pra que o Cooler funcione. Se não quiser usar, basta usar apenas como apoio de mesa.


Dispensa "mouse pad" pois já vem embutido ali do ladinho. Meu monitor é grande e ainda assim há um espaço bom pra manusear o mouse. Um notebook "normal" (ou seja, com uma tela normal e não gigante pra míopes como a minha) com certeza vai permitir ainda um espaço livre mais bacana ainda.

E se você quiser deixar o teclado mais inclinado pra facilitar a digitação, é possível:


Ouhh, idéia refrescante, não ? Adorei !
Bom, essa comprinha de menos de 3,00 reais foi possível numa promoção relâmpago de natal, em troca de você fazer um cartão Submarino. Sem custos de anuidade pra vida toda. Eu que sou consumidora voraz da submarino não me abati e achei ótimo fazer o cartão pra poder começar a acumular léguas submarinas com as minhas compras já habituais com eles. E de quebra ainda levei essa super mesa quase de graça (detalhe, haviam outros itens na promoção, bem bacanas por sinal ... só que você só podia escolher um deles e eu escolhi essa mesinha).

Então, fica a dica de uma ótima forma de refrescar o note e as pernocas !

Refrescando as Idéias ... Elegendo Sonhos

Um novo ano já começou há algumas semanas mas nem nos damos conta direito disso. Afinal, nem chegou ainda o carnaval ainda e é só depois dele que devemos contar. Mas será mesmo ? Não estaremos disperdiçando dias preciosos ? Por que será isso ? Uma dificuldade de reajuste com o fim das férias e todos aqueles eventos tão sentimentais e familiares ? Ou a resistência pra encarar o retorno àquela velha rotina ?

Pra mim não há melhor forma de refrescar as idéias do que férias na praia. Antes de tudo porque praia pra mim já significa algo como "a vida em suspenso". É um tempo que parece que não passa, na verdade um tempo que parece que não existe ... não existe dia da semana, não existem horas, não há um único dia de compromisso realmente com algo .... me lembra a vida de Emmeline e Richard (A Lagoa Azul) ... todos os dias são feitos pra você simplesmente acordar, olhar o sol e desfrutar da natureza ... só que com um belo "upgrade" já que você pode fazer isso e ainda contar com a ajudinha da tecnologia e também dos serviços (bares, restaurantes e afins) pra descontrar e aproveitar geral ainda mais.

Mas nestes dias de praia o mais interessante é essa sensação permanente de "mente vazia". Como se todos os problemas estivessem tão longe da gente. Claro que você pode até lembrar deles lá, mas sabe que só terá que partir pra mão na massa e consertar todas as pendências quando estiver novamente em "terra firme". Mas o tempo que não passa ... enfim realmente passa, e você se vê novamente na cidade, com a rotina de sempre, envolta com tudo que ficou pra trás ... e nem consegue se lembrar mais daquela sensação de mente vazia e ao mesmo tempo de plenitude na alma. E aí vem a dúvida, como refrescar as idéias quando já de volta à cidade e ao turbilhão de problemas ?

 Aí você para pra pensar: e o povo que vive lá, será que vive num mundo de magia e fantasia o ano todo ? Oras, sabemos que não. Então qual é o segredo ? Estará na grama do vizinho, sempre mais verdinha ? Talvez.

O fato é que precisamos descobrir um meio de vivenciar esse reenconto com a simplicidade da vida, de se sentir pleno e satisfeito, mesmo num dia simples, em que não há nada pra fazer e ainda que longe dos nossos "ideias de paraíso". Por vezes não precisa nem ser um dia completo. Mas apenas um tempo, que não deve nem ser contado ... que se passe em total harmonia com Deus, com a natureza, com os que estão a sua volta. 

Uma vez vi numa reportagem que temos essa sensação de que os anos passam cada vez mais depressa pelo fato de estarmos imersos sempre na mesma rotina. Que é porisso que quando crianças não temos a mesmo consciência de tempo: o segredo está na nossa capacidade de fazer coisas inesperadas e nos surpreendermos com coisas simples do dia-a-dia que seja. Eles aconselhavam então que fizessemos algumas coisas "malucas" de vez em quando (tipo, pular de pára-quedas ou qualquer outra maluquice ou coisa bem diferente que esteja disposto a encarar); isso pra que nosso tempo seja melhor demarcado com esses acontecimentos... pra que possamos sentir mais ele .... é uma forma de enganarmos o tempo, fazendo-o se arrastar um pouquinho: precisamos de vez em quando chacoalhar nossas vidas pra dar uma chacoalhada no tempo também ... que delícia seria, perder um pouco essa sensação do tempo voando e você nem se dando conta que a vida está passando tão rápido.

Bom, mas o fato é que início de ano é sempre cheio de expectativas. Aquela velha história da listinha de metas pro novo ano que inicia. O janeiro já quase na metade e ainda não havia feito nenhuma lista (é muito raro não fazer) ou estebelecido metas ou desejos que fosse. Mas vi algumas listas antigas e vi que minhas metas eram sempre muito óbvias, muito vinculadas a profissão ou muito egoístas. Então, pensando nisso tudo que escrevi e também inspirada no projeto da Flavia Calina, resolvi montar uma lista especial pra esse ano. Ela ainda não está completa, mas faltam poucos itens pra completá-la (5 itens mais especificamente). Não vou postá-la ainda aqui, mas o que posso dizer é que troquei as obviedades e futilidades por metas mais ligadas ao reencontro com a simplicidade, com a natureza, com o festejo à vida, com a compaixão, enfim. Elaborei metas pra serem cumpridas por mim, mas também metas, desejos, desafios pra serem compartilhados ou construídos em conjunto. Espero sinceramente que eu consiga realizar metade delas, e considero o mínimo do mínimo a ser feito visto a simplicidade de muitas delas. 

Através delas, talvez possa fazer as pazes com a minha cidade, quem sabe com minha vida. Mas acima de tudo, espero com isto eleger novos dias de "pura calmaria no paraíso", aqueles dias onde você vive seu momento com calma e sem preocupações, se livra do peso da vida pra simplesmente usufruir dela e da natureza ou do que o mundo nos proporciona. Um dia com a mente vazia e a alma cheia. 

9 de janeiro de 2013

M.A.C. Strength: uma coleção para mulheres fortes

A Mac acaba de lançar uma coleção focada nas mulheres fortes: é a M.A.C. STRENGTH ("strength", em inglês, significa força). Uma coleção para as mulheres exaltarem uma nova beleza, com cores poderosas, destemidas e elegantes.
A coleção traz makes para olhos bem dramáticos. Os batons, com cores vívidas. Para a face e unhas, tons bem naturais.




Para a nova campanha a M.A.C. ousou trazendo uma imagem de impacto: a força da mulher e um nova olhar sobre sua beleza e feminilidade.





















Arrisquem-se, mulheres poderosas.
Bjkas de Pimenta.

8 de janeiro de 2013

Doce Viagem: paradinha no DaColônia

Início de ano é uma época muito propícia a se traçar diversas metas e dentre elas o "emagrecer" deve encabeçar muitas listas por aí. Mas eu não poderia deixar de fazer esta postagem, já que foi fruto de "estripolias gastronômicas" de fim de ano, e não de início rsrs. Quero compartilhar com vocês sobre um espaço que conheci que é de  puro culto ao açúcar e aos mais diversos doces.

Neste final de ano eu e minha família, em viagem ao Sul, fizemos uma paradinha por Santo Antonio da Patrulha (Rio Grande do Sul) pra um encontro rápido com um grande amigo da família.  Fizemos um almoço primoroso no restaurante DaCOLÔNIA. Não é coincidência, não. Refere-se àquela conhecida marca de rapaduras e afins. Aliás, essa região é conhecida pela indústria alimentícia, tendo várias indústrias voltadas para a produção de alimentos a base de melado.

Não entendeu ainda do que estou falando ?
E quem não conhece os produtinhos da "DaColônia" ? São aquelas guloseimas que nos tentam em especial nas festas juninas. Mas podem ser encontrados nos mais diversos mercados o ano inteiro: mandolates, torrones, pé de moleque, rapadura. Eu conhecia mais esses produtinhos ... mas no restaurante é possível conhecer a imensa gama de produtos: geléias, doces em calda, doces diversos em pote, cucas, biscoitos, além é claro da gama imensa de produtinhos açucarados e doces a base de melado. Lá é possível encontrar também outros produtos, como salames, doces em calda de minas, enfim. Gordices sem fim !!!


 Olha só como "DaColônia" não é só mandolate ! Cucas ! Salames ! Queijos !


 Quem não conhece os discos de pé de moleque gigantes da "DaColônia" ? É pra durar uma temporada. Geléias dos mais diversos sabores. Doces diversos. E nem só de amendoim gira o mundo. Há ainda típicos doces de banana (balas de banana, mariola, bananada).



 Dos pães, aos doces, à cachaça.


E olha lá a carroça da perdição: paçocas, rapaduras, amendoim japonês, amendoim torrado, amendoim doce. O mandolate, torrone, puxa-puxa. Suspiros. Biscoitos crocantes. Biscoitos de polvilho. Enfim, toda perdição na arte da gordice !!!

Então é isso gente, se um dia estiverem perdidos entre Porto Alegre e a Serra, não deixem de dar uma paradinha neste espaço maravilhoso, que fica em Santo Antônio da Patrulha. Mais precisamente no cruzamento entre a RS 030 com a RS 474.  É possível que vocês já tenham experimentado produtos dessa região, de outras empresas, visto que são notórias as indústrias da região com foco no melado e rapadura.

Se vocês tiverem uma oportunidade de fazer uma viagem por aquelas bandas, recomendo que vocês dêem uma parada lá para o almoço. É um almoço de comida bem caseira ... como naqueles restaurantes do tipo "mineiro" ou "comida da fazenda", mas é diferente, pois o "tom caseiro" é muito mais forte .... tem mais jeitinho de "comidinha da vovó". Não sei explicar.  Mas enfim, você saboreia um delicioso almoço, experimenta primorosas sobremesas bem caseirinhas e de quebra ainda pode fazer a festa escolhendo suas guloseimas favoritas entre prateleiras de puro culto ao açúcar.


Passou por lá ? Se joga ! Na volta você se joga na esteira !
Bjkas !

7 de janeiro de 2013

Sopa de Letrinhas: aquisições de Sebo

Meu ponta-pé inicial para as postagens de 2013 será dado com um post especial com dicas de leitura e de um sebo bacanérrimo pra quem tiver a oportunidade de conhecê-lo numa ida a Balneário Camboriú.

Aliás, esta postagem cai muito bem para a data, já que hoje (07 de janeiro) é Dia do Leitor. Nada melhor do que comemorar o dia falando um pouquinho sobre leitura e compartilhando com vocês alguns livros com meta pra serem lidos neste ano.

Faz cerca de 20 anos que veraneio em Balneário Camboriú e há muito tempo perdi as contas de quando foi que descobri esse sebo, num cantinho da rua 1.500. Claro que não faz tudo isso, mas já faz uns bons anos. O nome do Sebo é "Opção Leitura", um sebo pequenino mas com uma diversidade muito boa de livros e excelente organização. Que encantamento ! Fiquei maravilhada, visto que na época eu não tinha acesso facilmente a bons sebos (Foz ou Santa Maria). Claro, depois veio Porto Alegre, onde conheci o sebo Traça (tem inclusive site, clique aqui para conhecer), onde me deparei com uma imensidão de livros. Ainda assim, a cada ida pra Camboriú, não deixo de passar no Opção Leitura. É uma delícia ficar pescando preciosidades. Sempre encontro livros interessantes pra comprar. Neste ano me deparei com alguns que já faziam parte da minha lista de desejos de leitura. E o melhor: todos super bem conservados !

O sebo é bem fácil de localizar: é pegar a 1500 e seguir pra dentro, pois fica na quadra seguinte à quadra do mar. Paralelo à ele esta aquela rua onde é realizada aquela feira permanente com camelôs. Mas atenção, não é o Camelódramo da Av. Brasil ! Me refiro a uma feira grande, com muitas barracas, que fica na rua 1400, junto da Igreja Santa Inês.
Aliás, nesta feira também tem um sebo bem bacana, com livros interessantes, preços razoáveis mas foco maior para os livros novos. Embora interessantes, eu no máximo saio deste sebo da feira com um ou outro livro, não sei porquê ... mas de alguma forma não encontro temas que realmente me interessem. Já na Opção Leitura eu sempre tenho que peneirar pra decidir quais livros vou trazer.
Neste ano trouxe alguns livros que já queria comprar no passado mas acabava deixando pra depois. Enfim, eram livros que eu não tinha urgência pra ler, e eu acabava fazendo outras opções em livrarias. Agora pude aproveitar pra trazê-los por um preço super em conta !

Não foram muitos, mas muito bem escolhidos - estes foram os livros que "pesquei" no Opção Leitura este ano:


Não foi intencional mas foi engraçado o resultado da minha garimpagem: de um lado livros de espiritismo e de reflexões e do outro livros de guerra e violência urbana. Haviam outros na minha lista de desejo que separei, pensei bem e acabei deixando por lá. Alguns de ficção, alguns de poesia, alguns clássicos da literatura brasileira. Bem como alguns seguindo esta linha que trouxe. Mas infelizmente estava em contenção extema de gastos, rsrs. Então o resultado foi esse balança com temática bem curiosa. E o mais curioso é que só me dei conta ao tirar a foto.

Então é isso gente, fica a dica desse sebo delicioso pra garimpar entre uma ida à praia e outra. Imperdível.


Dica de SEBO:  OPÇÃO LEITURA
Onde ? Rua 1500, n. 343, sala 01. Balneário Camboriú - SC.
Eos preços ?  São muito bons !!! Principalmente considerando o estado de conservação dos livros. Você encontra uma diversidade de livros mais antigos, com preços compatíveis e alguns mais novos e bem conservados com um preço maior mas que compensa pra caramba. Além disso, como trouxe vários, pedi um desconto que foi bem especial.
O quê ?  Livros usados de temáticas diversas, além de Lps, DVD's e também livros novos.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...