8 de janeiro de 2013

Doce Viagem: paradinha no DaColônia

Início de ano é uma época muito propícia a se traçar diversas metas e dentre elas o "emagrecer" deve encabeçar muitas listas por aí. Mas eu não poderia deixar de fazer esta postagem, já que foi fruto de "estripolias gastronômicas" de fim de ano, e não de início rsrs. Quero compartilhar com vocês sobre um espaço que conheci que é de  puro culto ao açúcar e aos mais diversos doces.

Neste final de ano eu e minha família, em viagem ao Sul, fizemos uma paradinha por Santo Antonio da Patrulha (Rio Grande do Sul) pra um encontro rápido com um grande amigo da família.  Fizemos um almoço primoroso no restaurante DaCOLÔNIA. Não é coincidência, não. Refere-se àquela conhecida marca de rapaduras e afins. Aliás, essa região é conhecida pela indústria alimentícia, tendo várias indústrias voltadas para a produção de alimentos a base de melado.

Não entendeu ainda do que estou falando ?
E quem não conhece os produtinhos da "DaColônia" ? São aquelas guloseimas que nos tentam em especial nas festas juninas. Mas podem ser encontrados nos mais diversos mercados o ano inteiro: mandolates, torrones, pé de moleque, rapadura. Eu conhecia mais esses produtinhos ... mas no restaurante é possível conhecer a imensa gama de produtos: geléias, doces em calda, doces diversos em pote, cucas, biscoitos, além é claro da gama imensa de produtinhos açucarados e doces a base de melado. Lá é possível encontrar também outros produtos, como salames, doces em calda de minas, enfim. Gordices sem fim !!!


 Olha só como "DaColônia" não é só mandolate ! Cucas ! Salames ! Queijos !


 Quem não conhece os discos de pé de moleque gigantes da "DaColônia" ? É pra durar uma temporada. Geléias dos mais diversos sabores. Doces diversos. E nem só de amendoim gira o mundo. Há ainda típicos doces de banana (balas de banana, mariola, bananada).



 Dos pães, aos doces, à cachaça.


E olha lá a carroça da perdição: paçocas, rapaduras, amendoim japonês, amendoim torrado, amendoim doce. O mandolate, torrone, puxa-puxa. Suspiros. Biscoitos crocantes. Biscoitos de polvilho. Enfim, toda perdição na arte da gordice !!!

Então é isso gente, se um dia estiverem perdidos entre Porto Alegre e a Serra, não deixem de dar uma paradinha neste espaço maravilhoso, que fica em Santo Antônio da Patrulha. Mais precisamente no cruzamento entre a RS 030 com a RS 474.  É possível que vocês já tenham experimentado produtos dessa região, de outras empresas, visto que são notórias as indústrias da região com foco no melado e rapadura.

Se vocês tiverem uma oportunidade de fazer uma viagem por aquelas bandas, recomendo que vocês dêem uma parada lá para o almoço. É um almoço de comida bem caseira ... como naqueles restaurantes do tipo "mineiro" ou "comida da fazenda", mas é diferente, pois o "tom caseiro" é muito mais forte .... tem mais jeitinho de "comidinha da vovó". Não sei explicar.  Mas enfim, você saboreia um delicioso almoço, experimenta primorosas sobremesas bem caseirinhas e de quebra ainda pode fazer a festa escolhendo suas guloseimas favoritas entre prateleiras de puro culto ao açúcar.


Passou por lá ? Se joga ! Na volta você se joga na esteira !
Bjkas !

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...