2 de dezembro de 2016

Paraguai 26: Réplica do Titanic na Casa Ula Ula

Uma das minhas lojas favoritas no Paraguai era a Imperialle Magazzino. Tem postagens antigas no blog falando de comprinhas nesta loja, talvez alguns lembrem. Mas depois que ela foi vendida eu nunca mais tinha estado lá ... pois eis que neste último final de semana fui conhecer a nova loja que reside ali: a Casa Ula Ula ! Na verdade ela está lá desde que a Imperialle subiu de andar, mas eu não tinha visitado mais.

Foi uma surpresa enorme me dar conta que a loja Ula Ula é idêntica à Imperialle. Talvez só tenha mudado de nome mesmo, sei lá ? Mas até a disposição dos produtos, o estilo dos produtos, enfim ... é tudo meio parecido como antigamente. É basicamente uma loja com muitos produtos bacanas pra presente e decoração.

E entre tantas utilidades, bonecas, algumas inutilidades, enfeites lindos, miudezas e muitas coisas bacanas ... encontrei vários enfeites marítimos, ótimos pra quem curte essa vibe aquática ou ainda pra quem mora no litoral ou mesmo pra enfeitar os afortunados que tem casa de veraneio. Além de faróis, marinheiros e barcos ... havia uma super réplica de um Titanic, enorme, muito bem feito e muito lindo. Mas bota lindo mesmo !!! 


 
Eu sei, tem tanta coisa na loja, que ficou até difícil de visualizar né. Saca só essa foto pra você entender melhor do que estou falando:


 

Além de super vistoso, o acabamento é ótimo. Fiquei realmente encantada. 














Bom, eu estou chamando de réplica .. porque dá pra olhar e ler Titanic ali .. e lembrar do filme né. Se ele está fiel, aí já não sei não ... os entendedores das marés que vão ter que nos dizer hahaha. 




Achei realmente lindo. Claro que o preço dele não é o "troquinho do sorvete" .... custa $ 210,00 (dólares !).


Embora eu achei um preço bem bacanudo pela robustez e acabamento. Com certeza se fosse em alguma loja chic de decor no Brasil, custaria MUITO mais que isso.  

Mas não se preocupem .. caso curtam enfeites marítimos, tem opções mais em conta por lá. Vale a pena visitar.













Pra vocês terem uma ideia de tamanho destes outros barcos, olha aí essas fotos com meus dedinhos.
 



Olha, tem muita coisa legal nessa loja. Tem uns relógios de parede bem diferentes. Tem utilidades domésticas. Tem bobagenzinhas de cozinha. Tem algumas louças. Tem telefones estilo antigo LINDOS ! Tem algumas coisas de academia também (tipo pesinhos, halteres). Mas eu particularmente AMO muito os enfeites de estilo oriental, egípcio e outras procedências exóticas que nem sei falar quais são. Tem muita coisa legal lá. Outro atrativo é que os preços variam bastante ... tem itens selecionados bem carinhos mas bem diferentes mesmo ... e outros com preços bem acessíveis.




Então, pra quem quiser conhecer, a loja ULA ULA fica no Shopping Vendôme, à esquerda da Avenida principal do Paraguai. O andar eu não lembro bem, se é no terceiro ou quarto andar ... mas é impossível não visualizar ela quando estiver por perto:




Espero que tenham curtido a dica. 

Beijocas !


30 de novembro de 2016

Paraguai 25: Bolsas 3D no Mercadão Super K

Vocês lembram da moda das bolsas 3 D ? Aquelas bolsas que pareciam artigos de desenho animado ? Eu sou super fã do uso de itens divertidos e cheios de personalidade pra compor looks bem diferentes. Adoro dar uma ousadinha e até chocar. ´Tudo que é diferente me atrai .. mas no momento que surge uma moda diferentona que cai no gosto de todos .... eu já começo a não gostar tanto assim porque fica todo mundo vestido igual ... argh ! 

Na época que as bolsas 3 D começaram a ser vendidas eu de imediato já me identifiquei. Achei o máximo, pelo toque de humor. Acabei vendo muito pouco delas nas ruas e mais na internet mesmo. Foi um booom repentino mas não viralizou. E passou tão rápido que eu quase não vi nas lojas. E quando vi ... tive medo de comprar, por achar que seria um item que eu acabaria aproveitando muito pouco pois não conseguiria inserir ele em muitos looks por ser muito marcante. Então eu toparia comprar mas não queria gastar muito. 

Mas até hoje ainda olho pra essas bolsas e acho a minha cara. Eu sou muito miscelânea, e curto trafegar entre os estilos. Tem dias que estou pra clássica, outros pra mega perua, tem dias que sou rock, mas tem dias que tudo que quero é um vestido de chita e havaianas.  Acho que nem todos topariam usar bolsas que te deixam com a maior cara de desenho animado, mas eu acho essa pegada cartoon mega divertida:


Tem umas que são bem ousadas, grandonas e super coloridas. Mas até que tem umas mais "discretinhas" (se é que é possível rsrsrs). Mas tem mesmo ... umas mais menorzinhas, com cores mais neutras. Acho todas muito fofas. Essas pequeninas abaixo eu achei o máximo e acho que se tivesse topado com elas, compraria na certa.


Mas muitos modelinhos diferentes circularam:


E qual não foi minha surpresa quando topei com essas bolsas no Auto-Service Auto-K ?? Há algumas semanas atrás estive lá e me deparei com vários modelos com preços maravilhosos ! E olha, tinha também de vários tamanhos e cores. Pensa que elas estavam custando uma média de $ 3,00 a $ 5,00 (dólares) ! Muito baratinhas.








E neste último fim-de-semana estive novamente no Paraguai, e qual foi a minha surpresa quando me deparo ainda com alguns modelinhos ... e agora por apenas $ 1,99 !!! Gente, achei bárbaro pois eu curti tanto essa vibe divertida que não vejo porque ainda não se pode brincar com essas bolsas. Elas dão alegria, cor, vivacidade, e contam muito sobre a gente também. 



Esse é o bacana dessa moda não ter viralizado demais. Acho que quando a coisa é exagerada é passa, fica tão cansativo, tão over, e tão lá atrás ... que fica difícil repetir figurinha. Mas até hoje tem gente que sequer conheceu essa modinha das bolsas tridimensionais. E isso pra mim facilita bastante o uso mesmo com a moda passada. Eu pelo menos, quando curto muito algo, não tenho medo de usar mesmo que ele estampe em si mesmo a própria idade como de coleção antiga. Claro que pra quem vive de imagem ... é difícil entender isso como algo natural. Ainda bem que não sofro desse mal.

E vocês, na época usaram essas bolsas ? Chegaram a conhecer ? Usariam ? E por apenas 2 doletinhas ... será que não vale a pena encarar um dia de diversão com uma vibe toda estilizada no cartoon ? Hahaha ... eu encaro super na boa ! Adorei na época e acho que agora sim vale a pena pois mesmo sendo um item que eu não usaria muito, também não estaria investindo muito numa peça pra poucas ocasiões. Amei !

Lembrando a todos que o Super K fica do lado esquerdo do Paraguai (à esquerda da Av. Principal), naquela Avenida do Shopping Paris (fica entre o Shop. Box e o Shop. Paris). Tem vídeo no Youtube onde falo sobre as principais lojas do lado Esquerdo do Paraguai e mostro a localização do Super K. Confiram lá !



Fica a dica. Beijocas !

(ps.: Não reparem na qualidade das fotos com enquadramento duvidoso ahahah - mas enfim, essa coisa de tirar fotos no meio da muambagem e carregada de sacolas ... não é mole não !! haahah)

28 de novembro de 2016

DIY: Decorando o Quarto com Porta Óculos para Parede


Olá pessoal !

Hoje tenho um post bem diferente ... fazia muito tempo que eu não postava um DIY no blog. A necessidade de  fazer esse post veio da necessidade de achar uma maneira bacana de guardar meus óculos. Afinal, como vocês já sabem, eu sou A Louca dos Óculos ... tenho mais de uma dezena de óculos de grau (já que é pra assumir os óculos, por que não fazer isso com muito estilo, não é mesmo meninada ?). E foi quando comecei a pesquisar alguns porta óculos para deixar meus óculos guardadinhos mas também seguros.

Acabei encontrando algumas poucas opções mas nada exatamente como eu queria. Eu procurava algo que os deixasse a mostra, bonitos, expostos. Mas só encontrava mostruários pra lojas ou então caixas organizadoras pra deixar os óculos escondidinhos. Então pensei: "Por que então eu mesma não faço os meus porta óculos ?!!".

Foi bem fácil achar a saída sobre como eu os faria pois eu já havia tido essa ideia de criar bonequinhas pra parede pra poder organizar bijouterias. Nunca cheguei a por a mão na massa no caso das bijoux pois eu já tinha outros meios de organizar elas ... não era exatamente uma prioridade pra mim. Como agora eu realmente queria algo diferente pra organizar meus óculos de grau e de sol, resolvi ir atrás dos materiais e executar a ideia.

O objetivo era fazer rostos de bonequinhas  onde eu posicionasse os óculos nelas deixando o quarto alegre e divertido. Assim eu podia criar diferentes personagens, meninas, mulheres, enfim .. bonequinhas dos mais diversos estilos, pra guardar nelas meus óculos que também tem estilos bem diferentes entre si. E foi assim que cheguei nesse passo-a-passo que posto logo abaixo.

Neste vídeo no youtube vocês podem conferir como montar os rostinhos, os materiais utilizados e tudo mais. Assistam:




Assistam o vídeo acima pra ver como ficou meus porta-óculos de bonequinhas. E se curtiram, não esqueçam de deixar um "joinha" lá no youtube e também divulgar entre seus amigos. Basta compartilhar no G+ ou no Facebook ... isso me ajuda muito !

Bom, era isso gente. Espero que tenham gostado da ideia. 

Beijos !

18 de novembro de 2016

Sopa de Letrinhas: Tudo ou Nada (Luiz Eduardo Soares)

Hoje temos novamente post literário, com mais uma resenha de um livro comprado no impulso: comprei o livro Tudo ou Nada há cerca de 2 meses numa daquelas bancadas de mega promoção na Encopel. O livro é de autoria de Luiz Eduardo Soares, aquele mesmo que escreveu Elite da Tropa (o livro que inspirou o filme). 

Essa foi uma daquelas compras feitas em cima da capa e do preço. A capa me convenceu por esta chamada: "A história do brasileiro preso em Londres por associação ao tráfico de duas toneladas de cocaína". E pra completar paguei míseros R$ 5,90 pelo livro. Acho que fiquei esperando algo no estilo "Meu nome não é Johnny" e por isso a empolgação .. que decepção sem tamanho. 

Pensa num livro ruim ... amplifica .... mais .... mais ... maiiiiiis. Pronto, agora multiplica por 10 ... te garanto, ainda não é suficiente ... eu só não larguei no meio pra poder resenhar, mas a vontade era nem terminar de ler. Realmente muito fraco ... não apenas pela história em si como muito também pela personalidade fraca do personagem principal.




ATENÇÃO - RESENHA COM SPOILERS

O livro conta a história de Lukas, personagem inspirado em Roland Soares, que foi preso por associação ao tráfico internacional de entorpecentes. Engloba vários aspectos da vida de Lukas, desde a juventude, suas aventuras vivendo velejando mundo afora, a inserção no tráfico, a vida sem regras, o esquema do tráfico internacional, sua prisão num presídio de segurança máxima na Inglaterra, sua luta para ser extraditado para o Brasil e um pouco do desenrrolar após.

A maior parte do livro é difícil de digerir. Lukas tenta convencer o leitor sobre o seu valor mas só se envereda mais pela lama do crime ao tentar se justificar ... mostra que lhe falta discernimento e caráter. Lukas pensar ser um jovem hippie mas nada mais é do que um adolescente tardio irresponsável que nunca quis assumir um trabalho de verdade na vida. Quer nos fazer crer que traficava não por dinheiro, como se viver num barco de praia em praia não fosse um estilo de vida que necessita de grana para ser mantido. Portanto no final das contas, é tudo pelo dinheiro ... nem que seja pra simplesmente usá-lo pra ficar só cheirado na beira da praia acompanhado dos outros amigos ripongas.  O pior de tudo é que mesmo depois de anos nota-se que o cara segue firme achando que ele não era um mero traficante que não quis assumir uma responsabilidade decente na vida e trilhar o caminho do bem ... acha que era apenas um jovenzinho cheio de ideais hippies e inocentes, achando que ficar chapado num barco é maneiro e não é preciso ser útil pra sociedade .. .e que traficar com o objetivo de simplesmente curtir a vida é mais decente do que usar o dinheiro para comprar coisas caras. Não fico espantada por um adolescente pensar isso ... me espanta uma pessoa já madura seguir com essa convicção. Ou ele precisa muito acreditar nisso pra sentir-se melhor, poder usar da desculpa de que foi injustiçado já que ele "nem era tão bandido assim".

Aliás, é nauseante a insistência do personagem em tentar nos convencer de que ele "nem é tão criminoso assim". Inúmeras vezes ele tenta transferir a responsabilidade do tráfico para o usuário final, e afirma veementemente que o que ele fazia era apenas comércio de uma substância que era desejada por alguém. A culpa é alguém a desejar. Ele apenas estava fazendo o favor para a humanidade de fazer a tal substância (no caso os entorpecentes) chegarem nos consumidores finais. Anos depois, ele é preso, ele sai da prisão .. espera-se que ele aprenda alguma coisa com a vida .. mas ele segue achando que foi injustiçado, que tem pessoas que cometem crimes muito piores e parece esperar que a gente passe a mão na cabeça dele e suspire "óhh coitadinho", perdeu anos da vida na prisão só por causa disso ?". Afinal, o que são algumas toneladas de coca, não é mesmo ? 



A verdade é que não é que pessoas como Lukas só existem pra poder sanar o problema de pessoas que precisam consumir sua droga diária .. a verdade é que a podridão envolvida no tráfico só existe por conta de pessoas podres como o próprio Lukas. E vamos combinar ... sou uma pessoa altamente tolerante em relação a vários aspectos relativos as drogas ... mas ninguém vai me convencer que um traficante não é um CRIMINOSO que merece todas as letras em caixa alta. 

Também é irritante a maneira como Lukas tenta nos convencer do quanto ele é inteligente, brilhante e rico. Que ele nem precisaria trabalhar. A eloquência dos seus relatos sobre sua vida fora do campo das drogas, sobre seu mega apartemento, sobre sua mega festa de casamento, sobre a sua mulher mais linda do universo ... mostram que o cara é um megalomaníaco pirado. Ele provavelmente era um classe média alta que se achava acima do bem e do mal só porque tinha uns trocados a mais na conta. Fica bem claro em alguns momentos o quanto ele estava mal economicamente e é incrível como ele mesmo quer seguir afirmando veementemente o quanto ele ainda era capaz de sustentar a mulher e os filhos. É notável que ele botou as finanças da família na sarjeta e tenta a todo custo nos convencer que aquilo tudo é risco planejado, que está tudo sob controle ... que na verdade é até mesmo uma escolha própria viver assim, um pouco mais modestamente (pouco, ahaaam) pra poder seguir vivendo como um adolescente. 

Enfim, o cara é tão fraco da cabeça, e tenta passar uma imagem tão irreal dele, que é preciso estômago pra seguir lendo o livro. Mas não pense que o livro é ruim só porque o cara é ruim da cabeça ... oras, quantos livros maravilhosos temos baseados em grandes vilões. O problema é que o autor quer nos convencer de todas essas coisas !!!  É tão fácil detectar a forçação de barra que fica difícil digerir o livro. 

Um momento marcante neste ponto é nos trechos em que ele quer nos fazer acreditar o quanto Lukas é inteligente, o quanto é acima da média, o quanto ele tem um dom maravilhoso pra fazer dinheiro e só não está fazendo porque né .... tão bom ficar andando de barco por aí. E a todo momento quer nos convencer de que se ele largasse o barco, faria fortuna ... porque né, ele é bonzão demais. E fica claro pra mim que isso tudo é uma fuga porque o cara não tem sequer aptidão pra se inserir na sociedade de forma adulta e responsável, que dirá exercer qualquer profissão que exija alguma manejo mais especializado. Ele insiste em vários momentos do livro que ele realmente é muito bom no mercado financeiro e eu realmente só visualizo alguém desesperado pra tentar se desvencilhar do crachá de traficante que ele mesmo fez questão de botar no peito. 

Deu pra perceber o quanto me irritei com a história ? O quanto achei o cara fraco das ideias ? Irritantemente irresponsável, prepotente e arrogante ... oras, talvez alguém queira lembrar de que lá em cima falei em Johnny e quem sabe alguém saiba o quanto eu achava ele engraçadinho .... oras, Johnny também era irresponsável ... mas ao menos era assumido ... e tinha carisma. Esse Lukas é um zé mané.

E por fim Lukas teve muito mais do que merecia, mas digo de forma positiva... no livro ele conta como se utilizou de uma brecha, um erro de tradução, pra ser deportado e ter a pena bastante reduzida. Qualquer coisa que ele tenha passado deve é agradecer pois já está em vantagem .... pois ele poderia ter ficado mais tempo preso. Aliás, talvez devesse ter ficado pois realmente nota-se que não aprendeu nada com sua trajetória. 


Que livro ? Tudo ou Nada
 
Quem escreveu ? Luiz Eduardo Soares
 
De que ano é? 2012

E a editora ? Nova Fronteira
  
Qual o assunto do livro ? Embora fictício, o livro é inspirado numa história real e conta a trajetória de um brasileiro que acabou sendo preso em Londres por tráfico internacional de cocaína. Da vida hippie vivendo num barco e fazendo nada da vida, logo Lukas está comercializando maconha e haxixe, e se enveredando cada vez mais para o mundo do crime. Lukas acredita estar acima do bem e do mal e sente-se injustiçado por acabar numa prisão de segurança máxima no exterior, condenado a 24 anos de prisão e iniciando uma luta pela extradição e libertação.

E que tal a linguagem e a leitura  ? O autor não convence e tenta passar uma imagem do personagem bem difícil de engolir. Também não gostei do esquema narrativo, que não tem sequencia linear; por vezes é difícil identificar se aquele momento narrado é da história de vida dele antes da prisão ou se ele se envereda novamente no vício após (trechos contando sobre sua decaída financeira e emocional após se render ao vício da heroína).
 
Recomenda ?  Pura perda de tempo. Não. 

Esperamos que o próximo seja melhor ! ;)

16 de novembro de 2016

Turismo: quanto tempo se hospedar em Foz do Iguaçu ?

Hoje tenho postagem pra quem está pensando em visitar Foz do Iguaçu pela primeira vez ou mesmo pra quem não vem pra cidade há muito tempo.

Foz desenvolveu tanto nos últimos anos que tem muitos atrativos e não se encaixa mais bem naquele pacote batidão que antigamente as pessoas costumavam comprar. É uma lástima você vir pra cá e ficar pouquinho tempo pois nossa cidade vai muito além das Cataratas e das Compras no Paraguai.

Pra ajudar as pessoas a definir melhor sobre qual o tempo mínimo pra poder distribuir razoavelmente bem os passeios, fiz um vídeo no youtube explorando melhor sobre o assunto. Claro que só você mesmo pode definir o que é melhor pra você ... afinal talvez você não se interesse por todos os atrativos da cidade ou mesmo se interesse por atividades que fogem um pouco da rota tradicional que a maior parte dos turistas que visitam a cidade costuma seguir.

Foz tem muitas opções de atividades de lazer, compras, passeios, gastronomia. Se você ficar 10 dias aqui, te garanto que terá 10 intensos dias de atividades. Mas se falta fôlego, tempo disponível ou "money" pra fazer de tudo, então é hora do malabarismo: estabelecer prioridades e colocar no caderninho quais os lugares você não quer perder de jeito nenhum ! 

Meu objetivo aqui é mostrar como um batidão não permite que você desfrute de muitas coisas fascinantes e encantadoras que temos aqui pela fronteira. Então se o seu objetivo e desfrutar ao máximo, assista ao vídeo e seja feliz nas suas escolhas. Estaremos esperando você !



Beijocas !

11 de novembro de 2016

Dicas de Foz: Razões pelas quais você não deve perder o Café com Teatro

E aí pessoal ! Já estão sabendo que agora neste próximo domingo (dia 13) teremos mais uma edição do Café com Teatro ? Que delícia saber que o evento já foi incorporado no nosso calendário ... todo mês tem rolado um domingo do evento. Bacanérrimo ...

E sabe por que o Café com Teatro atrai esse público tão fiel e por que você deveria fazer parte dele também ?

Porque no Café está cheio de gente descolada e interessante. 


Tem tanta alegria, tanta cor, tanta intensidade, que o sorriso não cabe na boca.



Porque no Café rola muita arte e cultura - você aprecia um tantão por lá mesmo, e outro tanto da arte você pode até levar pra casa. E fazendo isso, você ainda por cima valoriza e apoia o artesão local.



E esse povo arteiro que enche o Café de cor e alegria é um bocadão criativo e bem disposto.



Tem arte palpável, tem arte pra ver, pra ouvir, pra sentir.





E tem energia. Energia que move, que vibra, que deixa todo mundo tão a vontade. E tem também a energia que se põe pra girar na forma do comércio sustentável.


 

E falando em energia, haja combustível pra encarar a festa. Pra dar um gás, tem chop gelado, tem refri pra manter a cuca fresca, tem doce e tem salgado, um petisco ou uma pratada. Tem muita gente ralando duro pra oferecer seu produto fresquinho, feito muitas vezes artesanalmente no maior carinho. (fiquei até poeta hahahahha)


Ahh e tem tanta descontração. Tem encontros, quem sabe uns desencontros. Mas sempre na PAZ ! Tem  espaço pra qualquer um se aprochegar e passear. Não se preocupe se não conhece o ambiente ou nunca esteve lá, se não conhece expositores nem ninguém que frequente. Se você for, topará com um lugar acolhedor e onde o espaço te permite ziguezaguear e apreciar um pouco de tudo e quem sabe fazer novos amigos. Nada de formalidade. Não se intimide !


E como poderia deixar de ter expressões de arte na festa da Arte ? Sim, tem fotografia, tem poema, tem desenho. E claro, tem também muita música. Tem dança, tem malabarismo, tem circo, tem teatro, tem declamação. Cada edição é uma surpresa. 



É tanta gente que nem cabe aqui tanta expressão - de conversa fiada, papo sério, papo reto, chamego, cantada, dançada, tem de tudo e tem pra todos.  Tem espaço pros amigos, os antigos e os novos, tem espaço pra vovó e pra titia,  pras crianças, pra gurizada, pra gente descolada e pra gente mais retraída, todo mundo é bem vindo, basta abrir a mente pra degustar de tanta coisa boa !

 
E com tanta razão legal pra você aproveitar o domingo de Café com Teatro, você ainda pensa em ficar de fora dessa ? Nem pensar ! E não se esqueça de algumas dicas:

  •  Lembrando que o Café com Teatro rola lá na praça da Bíblia, no Teatro Barracão. 
  • O evento começa por volta das 17 horas e ruma até de noite.  Tem atrativos para todas as idades.
  • Mas fique ligado pois as programações infantis geralmente acontecem nos horários mais cedo. Aproveite pra levar a criançada e curtir o finalzinho de solzinho por lá. 
  • É cobrada uma entrada simbólica de 5 reais, que objetiva auxiliar no andamento do evento.
  • O espaço no entorno do teatro é aberto: quando a chuva despenca, o evento é cancelado. Além de ficar de olho nas nuvens, você também pode acessar o perfil do Café com Teatro no facebook pra estar sempre ligado na programação.

Beijocas.

9 de novembro de 2016

Projeto de Natal: Faça um Velho Amigo Feliz

Há poucos dias atrás tivemos uma postagem em um grupo do facebook da nossa cidade comentando sobre uma iniciativa sendo realizada em São Paulo, o Projeto "Eu quero", com o propósito de ofertar presentes de natal e muito carinho para idosos institucionalizados por lá. E não tardou pra que surgissem as ideias pra fazer o mesmo aqui em Foz do Iguaçu no nosso Lar dos Velhinhos.

Mas o mais bacana é que muito mais do que várias pessoas encantadas com o post e estimulando para que o mesmo fosse feito em uma Instituição de Foz, é que teve alguém que realmente arregaçou as mangas e colocou a mão na massa: a jovem Tatiane Chiossi abraçou a ideia, fez contato com o Lar dos Velhinhos e está agora com o evento engatilhado e já contando com vários padrinhos pra ajudar a levar alegria pros nossos velhinhos.

Aqui em Foz do Iguaçu o projeto foi nomeado de "Faça um Velho Amigo Feliz" e assim como na ideia original também fotografou cada velhinho segurando uma placa informando seu desejo de Natal. As fotografias são comoventes de se olhar, principalmente por conta de cada pedido singelo e singular, e pelo olhar doce e sorrisos tímidos ou escondidos revelados em cada face. As fotografias foram disponibilizadas no evento "Faça um Velho Amigo Feliz" que foi criado no facebook pra ajudar na discussão do andamento do projeto e organizar melhor o apadrinhamento dos idosos.


Aqui em Foz a Tatiane levou o projeto mais a frente: além do presente solicitado pelo idoso, a ideia também é que padrinhos adotem um idoso para ofertar outros itens que se fazem necessários para a manutenção da casa: há o Kit Carinho (amaciante, sabão em pó e alvejante), o Kit Barriga Cheia (carne, podendo ser frango, coxão mole, carne de porco, carne moída Frango ou carne bovina), o Kit Fralda (fraldas M e G e caixa de luvas para procedimento M e G) e por fim o Kit suplemento objetivando auxiliar na alimentação dos pacientes acamados (aveia, mucilon de arroz e milho, leite em pó, farinha láctea e sustagem).


Logo que as fotografias foram lançadas já começaram a surgir padrinhos. Cada padrinho pode escolher se quer dar o presente ou qual kit quer ofertar. Tatiane frisa bem a importância do compromisso e responsabilidade assumidos pelo padrinho para que nenhum idoso fique sem presente no dia da festa de entrega. Aliás, esse é um ponto super bacana deste projeto: haverá um dia de confraternização com os idosos para entrega dos presentes e kits, propiciando uma aproximação da sociedade com o Lar dos Velhinhos e a oferta de muito amor e carinho para os que lá residem.


Qualquer pessoa pode se candidatar pra auxiliar no projeto. Pra saber mais você pode acessar o grupo no facebook (esse link do evento Faça um Velho Amigo Feliz estará disponível somente até o dia posterior a realização dele, lembre-se que o facebook deleta o evento após o acontecimento dele).  Mesmo quem não apadrinhou nenhum idoso pode participar da festa levando no dia doces, salgados, sucos e acima de tudo muito carinho para os habitantes do Lar dos Velhinhos.


A entrega dos kits e presentes será no Dia 10/12/2016 (sábado) e se dará a partir da 15:00 no Lar dos Velhinhos em Foz do Iguaçu, localizado na Av. General Meira, ao lado do 14º Décimo Quarto Batalhão da Policia Militar. Para maiores informações, vocês podem entrar em contato através do telefone (45) 3526-9765 (Lar dos velhinhos).

Ficou feliz com a ideia do projeto ? Fique mais feliz ainda, delicie-se com mais fotos desses idosos tão fofos e seus pedidos e prepare seu coração para transbordar de alegria no dia da festa:







Se quer ajudar, não se preocupe: não faltará trabalho no dia do evento e idosos ansiosos por um abraço e uma palavra amiga. Você também pode levar kits avulsos dente aqueles já mencionados mesmo que todos os idosos já tenham recebido apadrinhamento, pois a instituição depende muito da ajuda da comunidade para dar suporte ao seu trabalho.  Combinado ?

Então tá certo, espero por vocês no dia do evento ! Anotem na agenda: 10 de dezembro ! Até lá ! Beijocas.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...