21 de setembro de 2017

O que aprendi com minhas humildes comprinhas nos Estados Unidos - Parte 01

Meu vídeo de comprinhas traz uma grande lição pra você que pretende viajar para os Estados Unidos ... e está bem longe de dicas de coisinhas bacanas do que comprar por lá. Pois é ... o que eu quero mesmo é reforçar mesmo a minha dica pra que você não caia na cilada de achar que não vai querer fazer compras por lá.

Eu viajei para os Estados Unidos certa que não ia fazer compras. Não queria ir pra Shopping, não queria ir pra Outlet. Não tinha intenção nem de fazer farra nas farmacinhas americanas (bom, isso eu realmente cumpri). Mas foi a maior cilada não me preparar para o que eu ia encontrar por lá ... embora os preços do turismo nos Estados Unidos fossem parecidos com aquilo que eu já esperava (caro pra caramba !) ... no Outlet eu enlouqueci ! Me arrependi muito de não ter levado mais grana pra gastar no outlet pois achei que vale muito a pena sim fazer compras lá. 

Nas grandes lojas tipo Macys, Marshall's, H&M, Wallgreens, Forever, achei que tem coisas incríveis também mas é preciso dar uma boa garimpada pra achar uns preços bacanas. Mas sim, você encontrar sim bons preços fazendo aquela varredura geral. E sempre rola nessas lojas (e outras) uma seçãozinha ou outra de outlet. Mas de um modo geral, quando você pensa nos preços gerais, lojas em geral, lojas diferentonas, produtos diferentões ... as coisas são bem caras. 

Mas não liga não. Libera o cash, que só pelos outlets, já vale muito a pena. Eu só não comprei muito pois realmente não fui preparada pra isso. Fui tão burrinha que como eu tinha feito um cartão novo no banco de última hora, com upgrade na conta, direito a seguro viagem e blablabla .. fiquei tão empolgada que o moço me disse que aquele cartão me dava direito a tanta coisa ... que achei que ele jã tava direito até ao uso internacional assim só de respirar sozinha perto do cartão kkkk ... Imagina a minha cara de paspalha quando chego em Chicago e descubro que não posso usar o cartão porque a sonsa aqui esqueceu de liberar o cartão. Resultado ... eu bem bela, 2 semanas nos States ... e sem cartão de crédito ! kkkkk Que raiva !!! E como sempre tive medo de usar internet banking .. não pude resolver nada de lá porque eu precisava de um código de internet que estava na minha casa pra poder liberar meu internet banking. Pensa na minha alegria ! Então, como disse, boooota raiva !! kkkk 

Então não repita esses meus errinhos ... vc vai viajar pra fora ? Baby, presta bem, mas presta muito bem a atenção nesta lições:

  • Libera teu cartão pra compra internacional ANTES de viajar kkkkk
  • Libera teu internet banking. Não tenho medo. Modernidade baby. Hoje você vai no banco e eles já te empurram o internet banking a todo custo. Eu fui vencida e te digo, vale a pena.
  • E por favor, leva dinheiro extra pra se jogar nas compras sim (mesmo que você jure que não vai querer fazer isso .... te juro que você VAI mudar de idéia !
  • Te convenceu disso ? Aceita que dói menos, ok ?! Combinado. Então vamos para o próximo passo. Baby, já leva uma mala extra (uma, no mínimo). Pode ser uma dentro da outra. Enfim, mas já te programa seja pra levar uma extra, seja pra comprar uma baratinha num outlet lá ou numa sacolagem mesmo.
  • Te convenceu disso ? Jura ? Aceita que dói menos ! Então aceita que você já poderá precisar comprar antecipadamente despachos extras de bagagens. Não adianta baby, é isso mesmo. Vôo interno nos EUA você vai ter que se informar com cada companhia, mas vôo internacional de forma geral está liberando 2 malas de 23 kg. Então se você levar 2, já compra no vôo da volta o despacho de 1 extra. 
  • Não te apega com isso Baby. Não te apega com esses dólares gasto em despacho, e coisas e tal. Tu não vai te arrepender !

Mas no final das contas .. quer saber das minhas comprinhas ? Bom .. fiz dois vídeos ... pois como eu falo, falo, falo ... óbvio que um vídeo só ficou muito comprido e tive que dividir. Não é porque é compra demais não ... bom se fosse ! haha Bora lá assistir:



Beijos !

14 de setembro de 2017

Viagem EUA: Driblando imprevistos antes da viagem

Organização é tudo né gente  Pois é ... mas as vezes, por mais que a gente se organize, a vida dá umas rasteiras na gente, surgem imprevistos, e a gente tem que se virar nos 30 pra conseguir driblar os percalços que o destino nos reserva. 

Eu que o diga ! Neste ano fui premiada ! Estava com uma viagem marcada para os Estados Unidos e quase perdi a viagem de tanta coisa errada que surgiu no meio do caminho ... até mais ou menos uns 10 dias antes da viagem, mesmo com passagens, hotel, tudo compradinho ... eu ainda não sabia se ia conseguir viajar. 

Eu fiz um vídeo no youtube contando porque eu quase não consegui viajar ... basicamente os meus problemas maiores se deveram a coisas bem inesperadas que não dependiam exatamente de mim. Eu tinha férias marcadas pra fevereiro de 2018 e por motivos de força maior tive que tentar antecipar minha viagem em alguns meses. O problema é que encurtou assim o tempo disponível pra providenciar passaporte e visto. Ok .... normalmente 3 meses seria tempo mais que suficiente pra resolver essa pendência. Mas quem imaginaria que o serviço de confecção de passaportes seria interrompido por tempo indeterminado e levaria tanto tempo pra retomar o serviço ?

E não é que no final das contas meu passaporte não ficou pronto ! Pois é, não ficou ... se dependesse dessa rixa entre o Governo e a Polícia Federal, eu estava até agora esperando meu passaporte pra viajar. Mas então como eu consegui viajar ? Pois é ... é isso que eu conto no vídeo ... tive que ir buscar um passaporte em outro lugar ! Isso mesmo !

E depois disso toda a função de tentar decidir onde fazer o visto ... com prazos tão apertados .. é bom pensar bem em que lugar fazer o visto ... São Paulo, Recife, Rio, Porto Alegre ? Ou quem sabe fora do Brasil ? Sim, sabia que dá pra fazer fora ? Dá sim ... e dependendo da sua possibilidade e urgência pra fazer, vale muito a pena !

Mas no final das contas tudo valeu muito a pena. Tanta correria ... mas foi uma viagem incrível ... estive em 4 estados dos Estados Unidos ... conheci cidades e pessoas incríveis. Fiquei encantada com alguns pontos maravilhosos sobre a cultura americana. 

Assistam o vídeo ... pois tem umas passagens (que agora são) muito engraçadas ... cada perrengue que vou te contar !



Espero vocês por lá. 

 Beijos da Paty !

9 de agosto de 2017

Dica para Turistas: Passeio no Marco das 3 Fronteiras na Argentina

Quando recebemos turistas em Foz sabemos que tem alguns pontos turísticos que são impossíveis de serem visitados. Ninguém pensaria em vir pra cá pra fazer turismo e não conhecer as Cataratas, certo ? Eu diria que seria loucura não ir também no Parque das Aves e nos passeios da Itaipu. Mas com certeza nem todo mundo vem com tempo pra fazer todos os passeios possíveis que tem na cidade. 

Mas o Marco das 3 Fronteiras do lado Argentino é um lugar que merece muito ser visitado. Mas o que é afinal esse tal de Marco ?


Como muitos de vocês já devem saber, nossa cidade faz divisa com 2 países: Argentina e Paraguai. E é porisso que somos chamados de Tríplice Fronteira (3 países bem juntinhos !). E existe um ponto em cada cidade (Foz, Puerto Iguazu e Ciudad del Est) onde todo mundo faz divisa com todo mundo e no meio disso tudo temos o riozão Paraná se juntando com o Rio Iguaçu pra fazer essa divisão de fronteiras. Em cada extremidade de terra firme foi construído um monumento símbolo para demarcar esse ponto que faz fronteira com os outros países, tendo sido transformados tais espaços em pontos turísticos. O monumento é quase igual em cada uma das cidades, mudando apenas as cores, correspondentes às cores da bandeira de cada país. O mais bacana é que de cada Marco é possível visualizar ao longe o Marco dos países vizinhos. 


Cada cidade é responsável pela área do seu Marco, desenvolvimento de infraestrutura e investimento no local. No caso de Foz do Iguaçu tivemos recentemente uma reforma geral na área do Marco transformando a região de um lugar feio e abandonado num belíssimo espetáculo que também merece ser visitado ! E isso tudo foi inspirado na repaginação que a Argentina havia feito recentemente do seu Marco das 3 Fronteiras. Quando a Argentina lançou seu novo Marco logo virou sensação e falatório aqui na cidade ... todos queriam ir até lá ver o "baile das águas", uma alusão ao movimento sinérgico entre chafarizes e música no entorno do monumento, marcando a finaleira do dia.

E acreditem, mas em todos os anos que moro aqui, nunca havia visitado o Marco da Argentina. Eis que fui nesta semana e fiquei muito encantada. O lugar está realmente muito bonito, tem uma infraestrutura bem bacana e escolhi o melhor do dia pra visitar: o pôr do sol ... Que espetáculo ! A galera fica ali sentadinha, voltados todos pro céu para o mesmo lado, apreciando o sol ir embora .... uma cena única. 




Na imagem acima dá pra ter uma visão geral da área do Marco do lado Brasileiro lá do outro lado da margem do rio. A pós reforma ficou um show !

Achei bacana pois tem uma quadra com arquibancada também por ali, o que permite práticas desportivas e também apresentações artísticas. Neste dia mesmo enquanto eu fazia o passeio, meus pais participavam de uma aula de tango ao ar livre na quadra. Muito legal.


Na área tem várias barraquinhas de artesanato, inclusive artesanato indígena. Também há quiosques com lojas de lembrancinhas e outros produtos artesanais a venda, bem como alfajores e erva-mate local, que não poderiam faltar. Aqui nesta região se usa muito matear, mas é um mate diferente do Rio Grande do Sul. Tanto no Paraguai como na Argentina, eles costumam tomar seu mate ou chá numa cuia bem pequena, e por vezes não é mate e sim "té" ... um chá bem diferentão.











O mais bonito do Marco ocorre após o pôr do sol quando então se inicia a Dança das Águas. Ao som de música clássica a área em torno do monumento do Marco tem seus chafarizes ativados ... uma chuva de água colorida começa a "bailar". As crianças e adultos se divertem ... crianças correndo entre as rajadas de água que surgem do nada em diversos pontos da área em torno do monumento ... adultos enfrentando o aguaceiro pra tirar sua foto perfeita no meio da luz colorida. É lindo.

 



A brincadeira para as crianças é tentar descobrir de onde sairão os jatos de água e correr entre eles. A música toca brevemente, mas o vai-e-vem das águas se continua, por hora com vários jatos, por vezes alguns intercalando entre si .... e claro que alguns adultos também curtem se aventurar entre os chafarizes de água pra bater aquela "selfie molhada". Mais cedo a água jorra sem luz .. quando anoitece, o efeito das luzes saindo junto com as águas é INCRÍVEL.






Ahh, um detalhe importante gente. Você não paga entrada pra acessar a área do Marco das 3 Fronteiras na Argentina. E pra chegar lá usamos o Google Mapas .... indicou direitinho a chegada e o retorno pra Foz na maior tranquilidade. 

Enfim, um ótimo passeio. Podem fazer sem medo. Outro dia venho contar sobre o passeio no Marco das 3 Fronteiras do Lado Brasileiro.

 E era isso gente. Até a próxima. Bjs !

7 de agosto de 2017

Turista Tranquilo: como se localizar na área de compras do Paraguai

Olá Quatizinhos !

Yeahh ! Finalmente tem post novo ! Nem conto pra vocês todo o perrengue pelo qual passei nos últimos meses e me afastou do blog ... até porque não é assunto deste post. Mas o importante é que estou aqui e é pra dar aquela ajudinha básica pra você que está vindo pra Foz do Iguaçu pela primeira vez e se sentindo meio ansioso e perdidão. Fiz um vídeo-guia para ajudar todos aqueles visitantes que estão na maior vontade de se jogar nas compras no Paraguai mas estão com aquele medinho básico de se perder por lá. Não se preocupem ! Isso não vai acontecer !

Esse vídeo não tem a intenção de dizer a localização das lojas (embora eu mostre algumas lojas e shoppings nele) e sim mostrar pra vocês uma visão geral do Paraguai, as ruas, como andar pela cidade e como se localizar sobre onde fica o centro de compras em Ciudad del Est. É muito fácil se localizar e o vídeo ficou bem fácil de entender sobre a distribuição das ruas. Não deixem de assistir. Claro, nada que um mapinha básico também não vá ajudar vocês ... e tem alguns pela internet, basta imprimir. Mas o legal é que neste vídeo vocês vão poder visualizar um pouco das ruas por onde vão andar.

Eu já havia feito alguns vídeos anteriores mostrando um pouco de ruas do Paraguai, mas achei legal dar uma atualizada afinal em vídeos antigos tem lojas que não existem mais, assim como agora temos novos shoppings na cidade. E na época eu mais mostrei as lojas de forma geral, o que tem pra cada lado. Neste vídeo o objetivo maior é tentar dar pra vocês um dimensionamento sobre a região de compras e o tanto que vocês irão caminhar pra percorrer as ruas correspondentes. 

Então assista logo esse vídeo e se anime ainda mais pra fazer suas compras sem medo de se perder no meio das ruas. Agora ... uma coisa é certa ... você não vai se perder nas ruas mas com certeza ficará perdido entre tantas e tantas lojas. É muita loja minha gente ! Tenha foco na hora de organizar seu tempo nas lojas senão não tem como dar conta de ver tudo da listinha hein !

Mas bora lá assistir a esse vídeo então



Espero que seja proveitoso. E deixem seu comentário !
Beijocas.

25 de julho de 2017

Sopa de Letrinhas: Se eu ficar


Escolhi ler o livro Se eu Ficar no último mês já sabendo que se tratava de uma leitura rápida e bem dinâmica. Queria dar uma pausa entre minhas leituras densas de ultimamente (não estou postando pois está rolando muita literatura técnica novamente). Mas ao contrário do que pensei ... não seria tão tranquilo .. afinal esse livro é de rápida leitura mas é tão angustiante, tão trágico, tão deprimente .... no final das contas não serve pra intercalar com leituras densas não.

Eu já conhecia bem a história pois já tinha assistido o filme (soube que havia um livro apenas depois que assisti o filme) e tinha achado "interessantinho" o filme. Enfim ... um filme meio pegada "sessão da tarde" mas ainda assim ... pela temática ser próxima do meu dia-a-dia, achei minimamente interessante. Enfim, um tema que envolve um acidente, morte, quase-morte, luta pela vida, ações de uma equipe multiprofissional em uma uti ... obviamente que o tema já fez minhas anteninhas balançarem.

Escrito por Gayle Forman, o livro foi um sucesso. Virou best-seller e acabou virando filme. E teve continuidade. No Brasil também foi bem recebido pelos leitores e pelo público.

Mas pra mim a leitura foi diferente do que imaginei. Eu sempre acho a leitura muito melhor que o filme e desta vez ... não sei explicar minha sensação nessa comparação. Mas o fato é que eu tive golpes durante a leitura ... antes .. deixa eu explicar a história bem por cima (sem spoiler .. a tragédia que vou contar, já está anunciada logo de cara ok !) pra que vocês entendam do que estou falando: 

Mia Hall é uma típica adolescente americana, vivendo o sonho americano (pais legais, irmãozinho menor companheirinho, amigos legais, namorado dos sonhos, e prestes a ir pra faculdade dos sonhos também) ... enfim, como eu disse .. o "sonho americano". Mas esse sonho é interrompido logo no início do livro onde ela narra sobre o acidente que sofreu com sua família e onde seus pais morrem instantaneamente. Ela e o irmão são levados para o hospital e dali em diante, durante todo o livro, ela passará a vivenciar tudo de fora do corpo: acompanhar toda a dor, sofrimento, insegurança, desespero da família, etc e tal ... e claro, o medo de morrer, de perder o irmão, de ficar sozinha .. aquela sensação de desespero total pela possibilidade de ficar só no mundo.

A grande sacada da história, "Se eu ficar", refere-se a angústia que Mia sente ao tentar imaginar o que seria melhor: morrer ou continuar vivendo nesse mundo sem seus pais ? E ela descobre que talvez ela possa ter o poder de tomar essa decisão ... ficar ou morrer ? E é justamente por isso que o título do livro é "Se eu ficar". E durante todo o livro Mia vai narrando suas lembranças com sua família intercaladas pelos dramáticos momentos da vida real que está vivendo no momento e expressando suas dúvidas sobre como decidir entre ficar ou partir.

Mas então .. que tal o livro ? Como eu disse ... foi uma mescla de sensações. Em alguns momentos achei muito forte ... angustiante ... pior ainda que o filme. Aliás, o filme eu achei até brando perto do livro. Em alguns momentos me parecia uma narrativa fraca e excessivamente adolescente. Ok, era uma adolescente narrando mas ... talvez houvesse perfeição demais na narrativa, na vida dela, nas relações familiares ...  acho que faltou um pouco de conflito, de loucura, de histórias paralelas. Alternar apenas aquela viva perfeitinha e sonhos sendo realizados com a narrativa de perdas inimagináveis tornavam a leitura uma gangorra as vezes difícil de ser digerida. Isso deixa a gente meio zonzo ao longo da leitura. Ou seja ... como eu disse lá em cima ... pensei que seria um livro fácil de ler, de leitura límpida e rápida. Me enganei grandemente.  A leitura é fácil ... mas a angústia dela me embrulhou o estômago várias vezes, me angustiou e me deixou mal. Talvez porque ultimamente isso me angustie muito também.

Talvez você pense que por eu ser profissional da área hospitalar, habituada a conviver com a morte e o limiar da morte, a dor e o sofrimento ... essa história seria uma fichinha. Mas não é. Essa história nos mostra aquilo que tentamos não ver no nosso dia-a-dia. Aquilo que vemos muito pouco, por um véu muito tênue. Porque se pudéssemos ter essa dimensão toda a cada caso de morte que nos deparamos, seria enlouquecedor. Quem suportaria tanta dor ? E outro ponto é que exatamente porque sabemos o quanto a morte é as vezes "fácil" nos torna mais sensíveis ao imaginá-las tão próximas da gente. Achei que a temática mexeu mesmo comigo. Ou eu que estava muito sensível no momento da leitura. Não sei explicar.

Se eu recomendo ? Não me arrependi da leitura mas não leria novamente. Não quero voluntariamente passar novamente por esta angústia. Mas leria sim a continuação (sim, ela existe !). E acho que essa leitura é no mínimo interessante pra pensarmos sobre a vida, refletirmos sobre a dádiva que temos em termos nossos familiares e nossa vida vida tão perfeita, e as vezes reclamamos tanto por tantas pequenas bobagens do dia-a-dia. Mas de qualquer forma não deixa de ser uma leitura bem adolescente. De vocabulário restrito, textos limitados, alguns trechos previsíveis. Não entendi bem porque virou um best-seller pra falar a verdade. Então .. é isso ... faça sua escolha.

Que livro ? Se eu ficar
 
Quem escreveu ? Gayle Forman
 
De que ano é? 2009 - 2014 pela Nova Conceito

E a editora ? Novo Conceito
  
Qual o assunto do livro ? Retrata o drama vivido por Mia, uma jovem que sofre um grave acidente logo no inicio do livro e perde parte de sua família neste acidente. Ela se vê entre a vida e a morte numa uti, sua alma vaga pelo hospital e acompanha tudo que acontece com seu corpo, todo o drama dos familiares, e nesse meio tempo ela vai apresentando um vai-e-vem de flashes de lembranças do seu passado perfeito, dos dias com sua família e namorado, do seu envolvimento com a música ... e o drama atual. Mia tem uma difícil decisão a fazer: ficar viva no mundo ou morrer ? Esse é o grande questionamento que ela procura responder pra si mesma ao longo do livro. 

E que tal a linguagem e a leitura  ? A linguagem é fácil, escrita fácil, o texto apresenta um vai e vem no tempo entre passado e presente. A narrativa é bem adolescente com um mundinho bem perfeito em volta da jovem. E em outros momentos é bem angustiante e tenso. Isso é natural pois como o livro faz um vai-e-vem no tempo, acaba fazendo um vai-e-vem no estado emocional da Mia, personagem principal. Gera um certo conflito pro leitor também na leitura.
 
Recomenda ?  É muito raro isso acontecer, mas nesse caso eu particularmente gostei mais do filme do que do livro. Acho que tem leituras mais interessantes. Não é terrível mas ... tem melhores. De alguma forma esse livro me incomodou. Como eu disse no texto anterior, acredito que me sensibilizou muito e eu não consegui digerir bem o assunto. Apesar que como eu disse, talvez leia a continuação. Talvez. Difícil avaliar. 


 

5 de junho de 2017

Organização: Transformando um Porta Cupcakes em uma bandeja decorativa

Fonte: Casa das Amigas
Pesquisei bandejas para perfumes em diversos lugares na internet e encontrei coisas muito lindas e encantadoras. De cores variadas, românticas, chics, moderninhas, de visual clean, espelhadas, com detalhes em inox, em madeira e pérolas ... opções não faltam. O que achei falta foram de peças bonitas que se encaixassem num orçamento apertado. 


A maior parte das bandejas que encontrei tinham valores acima de 100 a 150,00 reais. Algumas até mesmo com valores beirando os 200,00 a 300,00 reais. E aí a criatividade entrou em ação ...

 DECORAR COM CHARME GASTANDO POUCO

Pagando bastante, encontrei peças fantásticas. Mas como minha bancada já tem muita coisa, eu não precisava de uma peça pra "brilhar" esplendorosa, sozinha e dona do tapete vermelha. Precisava de algo bonito e ponto final. Não foi nada difícil encontrar peças fantásticas. Mas 2 requisitos eram fundamentais: 1)Eu queria algo que combinasse com meu banheiro, então inicialmente minha busca era por algo que rumasse para as cores creme ou dourado. 2) Não queria gastar. 

E foi assim que numa topada com um porta cupcakes desses pra festinhas me surgiu a ideia de improvisar enquanto eu não encontrava a peça que tanto queria. Ou seja, era pra ser algo provisório até encontrar uma bandeja mais em conta que me agradasse.

Esse porta cupcakes era desmontável, vinha com as peças separadas: o pé da bandeja, o suporte para encaixar os andares para por os porta cupcakes e os andares em si, onde você coloca os bolinhos ou doces. O que fiz foi usar essas 2 bases cruas na bancada para por meus perfumes. Não foi necessária nenhuma adaptação pois elas já vinham num branquinho perfeitinho pra uso. O único detalhe é que uma das bases tinha um furinho no meio por conta do meio de passagem para o suporte dos andares do cupcakes, mas ele nem aparece. E o da outra base não tem o furo pois ele é o suporte de cima, então tem não tem um furo de passagem, apenas de encaixe da peça. 

E assim eu fiquei usando um tempo essas duas peças brancas no meu banheiro pra deixar meus perfumes mais organizados. Foi bacana pois facilitava a organização da bancada do banheiro mas me incomodava um tanto pois o branco fazia um contraste enorme com as cores do ambiente. Não combinava nada com minha bancada. Mas já que era provisório, fui empurrando a situação. Até que passado um tempo encontrei uma lata de spray de tinta dourada em casa mesmo e logo me veio na cabeça a ideia de pintar o meu porta cupcakes. Que grata surpresa !

Foi tão rápido e fácil fazer a pintura e eu amei o resultado. A cor ficou super intensa mas é incrível como ela harmonizou super bem na minha bancada, sem ofuscar demais o que está no entorno. A pintura com o spray é muito rápida. A única coisa que demora é o processo de esperar secar. 

Abaixo vocês podem ver como era o porta bolinhos. Comprei numa loja com artigos pra festas, paguei próximo de 50,00 reais (R$ 54,80). A base é de metal e com esse detalhe rendado nas bordas que dá todo um charme e romantismo à peça.



Observem que na caixa diz que o produto é para ser encaixado com as abas rendadas para baixo (ele é de metal bem fino). Mas o meu veio com 3 andares e uma base com suportezinhos embaixo. O que eu fiz foi deixar ela de cabeça pra cima e estavam prontos pra uso. Ficou uma graça na bancada.

 TRANSFORMANDO UM PORTA CUPCAKES EM UM PORTA PERFUMES




Ficou bonito mas realmente o branco não estava harmonioso porque tudo na minha bancada puxa pro creme ou pro dourado. Então usei a tinta Chemi Color em Spray Dourado. 





E esse foi o resultado:


 E aí, gostaram do resultado ? Eu amei ! 








Viram só que maravilha ? Resolvido o problema .. e ganhei assim 2 bandejas, lindas e funcionais. Adorei o resultado. Acho que ela também estava já lindo no branco, só não deixei ela crua pois como disse queria harmonizar melhor com meu ambiente. 

Mas dá pra brincar bastante com as cores. Consigo visualizar várias cores que ficariam bacanas nessa bandeja. Você poderia usar do pink ao rosinha, preto, cores metálicas, spray prata, até mesmo um dourado mais discreto. Muitas possibilidades ! Curtiram ? Fica a dica. 

Beijos.

22 de maio de 2017

Minhas almofadas do Aliexpress: lindas e divertidas

Desde que fiz minha primeira encomenda no Aliexpress há cerca de 2 ou 3 anos, fui tomando cada vez mais gosto por explorar as belezuras vindas lá do outro lado do mundo. E se tem algo que já comprei algumas vez e de vários vendedores ... foram almofadas ! Ou melhor dizendo: capa para almofadas.

Confesso que se pudesse, compraria ainda mais ... se pudesse digo, se houvessem camas e sofás suficientes pra espalharmos elas rsrs. Mas como já estou no meu limite .. estou tentando por o pé no freio. Embora esteja cada vez mais me dedicando ao hábito de realizar decorações sazonais. Adotei isso desde que mudei pra atual casa em dezembro. A ideia era mudar o visual a cada mês ... mas percebi que não era tão fácil. Estou adotando agora a mudança de temática e visual dos bibelôs e decoração do quarto a cada 3 meses. Estou super contente por hora ! E as almofadas são um excelente meio de você mudar completamente a carinha do seu quarto ou sala com pouco investimento. 

Como os vendedores fornecem apenas as capas, tudo fica ainda mais fácil. Comprei alguns "recheios" de almofada aqui em Foz mesmo e fica fácil guardar as capas que não estão em uso. E claro, resolvi compartilhar com vocês sobre as almofadas que fui comprando ao longo desse tempo. Quer ver mais de pertinho e saber mais ? Não deixem de assistir o vídeo no youtube:



Uma coisa que não comentei no vídeo foi em relação ao tempo de espera para o envio: seguiu a lógica das minhas outras compras no Aliexpress ao longo do tempo. Quanto mais alto o dólar, mais rápido vem o produto. Claro que isso não é uma regra universal da vida mas ... de forma geral vem sendo assim. Antigamente eram em torno de 90 a 120 dias pra chegar meus produtinhos ou até mesmo mais. Atualmente não tem sido incomum eu receber em até 60 dias. Mas varia muito. Mas recebi TODINHAS !

Pra saber tudo sobre as almofadas que comprei, assistam ao vídeo no youtube. E aqui deixo os links dos vendedores e os preços pagos na época da compra - Vamos ao resumão das almofadas:



1) Lady Gaga

3) E este ?
10 ) Frida
11) Príncipe William e Princesa Kate

13) Rainha Elizabeth

Estas almofadas acima eu comprei todas dos vendedores: Crown Top Industrial & TradeFantastic Touch e Besta Home. Esta última loja não tem mais o que havia comprado lá na época, mas essas estampas ainda podem ser encontradas nas outras lojas que comprei.

2 Elvis
5) Guitarra
12) Michael Jackson

Essa foi da loja Zangzhou e da Miracille My home Store.

7) Chaplin
8) Marilyn
9) Audrey

Já as estampas estilo cartoon são da loja Mymoon Home, mas não encontrei mais essas estampas por lá. Mas tudo bem pois tem muitas outras lindas demais. Vale a pena ver a loja.

Ahhh e o detalhe ... no vídeo lembram que eu conto sobre a almofada da Audrey que eu achava que não era do Aliexpress ? Pois revistei aqui minha lista do Ali, e realmente é de lá. Essa almofada é da loja Made in China for You.

Os preços que paguei pelas almofadas vocês podem visualizar neste quadrinho abaixo. Todos os preços estão em dólares. Vocês podem notar que algumas são bem mais caras ... talvez porque elas foram compradas muito antes das outras. Fizeram parte da primeira leva de comprinhas que fiz no Aliexpress. Elas também tem um diferencial relativo ao material de confecção das almofadas, mas não se aplica a todas: a do Michael Jackson também custou mais mas não tem nada de especial no material da almofada. Então acho mais provável que o preço da época se deva a questões mercadológicas da época mesmo.



Legal né ?
Espero que tenham curtido as dicas de almofadas, vendedores, etc. Por sinal, se você faz o tipo "decor espalhafatosa", vai encontrar cada coisa incrível no Aliexpress ! Adoooooro rsrs.
E contem, gostaram de alguma em especial ? Já compraram almofadas no Ali ? Contem-me tudo !

Bjs e até a próxima.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...